Fla evita briga de Felipe com torcedores

A Gávea quase foi palco de uma briga entre o meia Felipe e o líder das torcidas organizadas do Flamengo, José Carlos Peruano. O torcedor havia feito críticas ao jogador devido às constantes contusões. O atleta não gostou e hoje chegou ao clube com vários ?amigos?. Peruano, por sua vez, estava acompanhado de diversos integrantes das facções da torcida. Os dirigentes rubro-negros agiram rapidamente e evitaram o pior. Uma simples conversa resolveu a situação.Cumpre tabela - Já eliminado na Copa Sul-Americana, o Flamengo enfrenta o Santos, às 21h40, no Maracanã, apenas para cumprir tabela. A derrota para o Internacional, na semana passada, tirou qualquer possibilidade de alcançar a classificação. Com isso, o técnico Oswaldo de Oliveira pretendia poupar jogadores na partida de amanhã, mas em vista das contusões e do grande número de atletas não inscritos na competição, teve que mudar os planos. "Se fosse uma partida do Campeonato Brasileiro, valendo três pontos, eu já teria definido o time. Tenho que levar em conta alguns problemas", disse o treinador, frisando que, independentemente dos jogadores escalados, o Flamengo sempre atua para vencer. Com todos os imprevistos, Oswaldo pode até mudar o esquema da equipe, adotando o 3-5-2. "Caso o Ígor seja vetado por causa das dores no joelho, devo optar pelo Henrique e jogar com três zagueiros", disse. No meio-de-campo, o treinador pretende poupar o volante Fabinho. Mas o jogador terá que atuar se Jonatas continuar sentindo dores no tornozelo. No ataque, Zé Carlos formará a dupla com Edílson. Jean, destaque nos últimos jogos do Flamengo, ficará no banco de reservas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.