Fla, Flu e Botafogo disputam Romário

Romário foi desprezado pelo Vasco e agora é disputado pelas outras grandes equipes do Rio. Flamengo, Fluminense e Botafogo tentam a contratação do jogador, mesmo os clubes estando endividados e com o pagamento dos salários atrasados. Os presidentes dos três times já conversaram com o artilheiro e sonham em contar com seus gols no Campeonato Brasileiro.O presidente em exercício do Flamengo, Gilberto Cardoso Filho, se reuniu nesta quarta com o procurador do atacante Romário, Luizinho Moraes, e apresentou a proposta do Rubro-Negro para o parcelamento da dívida de R$ 18 milhões que o clube tem com o jogador. A ação na Justiça continua, até porque o artilheiro não pensa em retirá-la. O pagamento seria em seis meses e o atleta também receberia 10% do valor da venda de jogadores."Ouvi a proposta do Flamengo e agora temos que ver a possibilidade jurídica para aceitá-la", afirmou Luizinho, referindo-se a ação que está na Justiça. "Vou conversar com o Romário e esperar a definição da reunião do Conselho Deliberativo do clube.Gilberto Cardoso disse que a parte financeira já está acertada. "Agora depende dos conselheiros do Flamengo e dos advogados do Romário", afirmou o presidente.Já a diretoria do Fluminense está otimista com a possibilidade de contratar Romário. O jogador já teria acertado com o clube, faltando apenas a assinatura do contrato. A reunião do Conselho Deliberativo do Flamengo pode ser fundamental para que o artilheiro seja o mais novo camisa onze do Tricolor.Para trazer Romário, o Fluminense contaria com o apoio de duas grandes empresas - a Unimed e a Coca-Cola, as patrocinadoras do clube. As especulações em torno da negociação envolvendo o craque tiveram novo capítulo nesta quarta, quando o Botafogo entrou na disputa para ter o futebol de Romário. O presidente Mauro Ney Palmeiro fez uma proposta oficial ao jogador e agora espera uma resposta. "Agora só depende dele. O nosso patrocinador vai arcar com o pagamento do salário", afirmou o dirigente, referindo-se à Golden Cross. "A proposta do Botafogo é irrecusável."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.