Fla: mudanças começam pela diretoria

O presidente do Flamengo, Hélio Ferraz, pediu nesta sexta-feira que todos os vice-presidentes do clube coloquem os seus cargos à disposição. O dirigente estaria disposto a fazer uma ampla reformulação no clube e decidiu tomar esta atitude. Ele não quer falar sobre o assunto.Outro motivo seria a ligação da maioria dos vices com duas outras correntes políticas do Flamengo. Ambas são lideradas por ex-presidentes do Rubro-Negro: uma por Márcio Braga e outra por Kléber Leite. Como os dois são contrários ao apoio a Ricardo Teixeira e Eduardo Viana, Ferraz (presidente da Federação Carioca de Futebol) estaria disposto a enfraquecer os adversários.Dentre os que devem entregar os cargos estão o vice-presidente de Futebol, Paulo Dantas, e o de relações externas, Michel Assef. O vice-geral, Arthur Rocha, que era a favor da demissão do supervisor Paulo Angione, permanece na função por causa do estatuto do clube. Ele fôra eleito junto com Ferraz, no ano passado.

Agencia Estado,

11 de julho de 2003 | 19h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.