Fla: Obina sente dores, mas deve jogar

O atacante Obina deu um susto nesta quarta-feira na comissão técnica do Flamengo. Depois de uma atividade física realizada pela manhã na Praia do Leblon, o jogador deixou o treino da tarde, na Gávea, queixando-se de dores na coxa direita. Era visível a preocupação do técnico Celso Roth de perdê-lo para o jogo de domingo, contra o Figueirense, fora de casa. Mas, segundo os médicos do clube, o jogador deve se recuperar a tempo de entrar em campo, domingo, em Santa Catarina. A notícia tranqüilizou o treinador, ciente da importância de Obina para o ataque rubro-negro, até mesmo pela falta de opções no elenco. O atacante será reavaliado nesta quinta e, se liberado, participará do coletivo. "Eu me esforcei bastante no treino. Espero que tudo fique bem", declarou Obina, elogiado por sua força de vontade na estréia do Flamengo no Brasileiro, contra o Cruzeiro, no Maracanã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.