Fla precipita, mas Pitbull vai fechar

Na quinta-feira, o Flamengo informou em seu site oficial que havia contratado o atacante Cláudio Pitbull, do Porto, e que ele seria apresentado segunda-feira na Gávea. A diretoria rubro-negra, pelo visto, se precipitou. Para concretizar a negociação, a equipe carioca precisa dar garantias financeiras ao jogador, além de pagar R$ 2 milhões ao Grêmio, seu ex-clube - há uma cláusula no contrato com o Porto que indeniza a agremiação gaúcha caso ele se transfira ao Brasil até o final de 2005.O vice-presidente Geral, Arthur Rocha, se reuniu nesta terça-feira com um advogado de Pitbull e com seu procurador, Jorge Baideck, para acertar as garantias financeiras. Nesta quarta, ele se reunirá com a diretoria do Grêmio para negociar o pagamento da indenização. "A diretoria do Flamengo acordou verbalmente com o jogador as condições de trabalho: salários em dia, entre outras coisas. Mas não teve cartas de intenção. Teve um pré-contato com o Porto, que foi assinado com a presença de Cláudio Pitbull", declarou Arthur Rocha, para, em seguida, completar: "na quarta, vou dar o nó na gravata".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.