Fla sonda Jorginho, mas mantém Andrade até domingo

O auxiliar-técnico da seleção brasileira, Jorginho, foi sondado por dirigentes do Flamengo para assumir o cargo de treinador do clube, que hoje conta com o interino Andrade, substituto do recém-demitido Cuca. Mas a equipe carioca também trabalha com a hipótese de contratar Vágner Mancini, que deixou o Santos na semana passada.

Agencia Estado

28 de julho de 2009 | 20h28

Veja também:

especialMercado: as transferências dos times

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Por enquanto, a única coisa certa é que o interino Andrade dirigirá o time nos dois próximos jogos pelo Campeonato Brasileiro. O primeiro é nesta quarta-feira, no Maracanã, contra o Atlético Mineiro. O outro é no domingo, diante do lanterna Náutico, novamente em casa.

Andrade ficou alheio à discussão sobre quem será o novo técnico do Flamengo e fez nesta terça-feira um apelo à torcida para que compareça em grande número ao Maracanã, no confronto mais esperado da 15.ª rodada do Brasileirão, uma vez que o Atlético lidera a competição.

Se a opção por Jorginho prevalecer, será a segunda vez que ele trabalha como técnico. Antes, só teve uma experiência: pelo América do Rio, numa campanha muito elogiada, que levou a equipe à final da Taça Guanabara de 2006, contra o Botafogo. Nesta terça, porém, durante entrevista coletiva da seleção brasileira, Jorginho desconversou e sorriu ao ser indagado sobre contatos com o Flamengo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.