Fla tenta apagar má impressão de 2002

Depois do fracasso no Campeonato Carioca, o Flamengo tenta apagar a má impressão deixada nas duas últimas edições do Campeonato Brasileiro. Em 2001, o clube se livrou do rebaixamento apenas na última rodada da competição. No ano passado, novo vexame e a ameaça da Segunda Divisão foi afastada faltando um jogo para o término da disputa. O Flamengo, a exemplo dos outros times cariocas, também passa por uma série crise financeira, o que impossibilita a formação de grandes times, como na década de 80. Mesmo assim, seus dirigentes ainda se dão o direito de sonhar com o atacante França, do Bayer Leverkusen. Mas enquanto o sonho não vira realidade, o Rubro-Negro tem no técnico Nelsinho Baptista o principal referencial para voltar a vencer. "O Flamengo é um dos maiores clubes do Brasil, tem uma grande equipe, uma grande torcida e tudo para vencer o Brasileiro", disse. Além do treinador, o lateral-esquerdo Athirson e o meia Felipe são os responsáveis dentro das quatro linhas por comandar o time. Para vencer o Brasileiro, a equipe apresentará, ao menos, uma novidade: o volante Fabinho, ex-Ponte Preta. A base que disputou o Carioca não será desfeita.Time base: Júlio César; Alessandro, André Bahia, Fernando e Athirson; Jorginho, Fabinho, Felipe Mello e Felipe; Zé Carlos e Fernando Baiano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.