Fla tenta melhorar retrospecto fora de casa

Após duas vitórias seguidas no Rio de Janeiro, o Flamengo quer apagar o retrospecto ruim atuando fora de casa e derrotar o Figueirense, às 20h30, no Estádio Orlando Scarpelli, pelo Campeonato Brasileiro. Até agora, o Rubro-Negro venceu apenas três vezes longe do Maracanã. E são dez derrotas e cinco empates.Para conseguir superar o adversário, o técnico Waldemar Lemos conta com a presença de um ex-jogador do Figueirense: o meia Ígor. Em 2002, o jogador foi destaque no time catarinense. E este foi o principal motivo que levou a diretoria do Flamengo a contratá-lo."Tenho muita moral com a torcida de lá. Espero poder ajudar o Flamengo a conquistar mais uma vitória e, assim, melhorar nossa posição na tabela", disse um entusiasmado Ígor. O atleta, ao lado de Fábio Baiano, terá a responsabilidade de armar as jogadas de ataque e municiar a dupla formada por Edílson e Zé Carlos. Este último substitui Jean, machucado.Mas Waldemar tem outro problema com que se preocupar. Ele considera o jovem Gaúcho muito inexperiente para atuar improvisado na lateral-esquerda, principalmente por se tratar de uma partida fora de casa. Segundo o treinador, a pressão será muito grande e isso pode atrapalhar o rendimento do jogador."Não tenho nada a reclamar da parte técnica. Mas tenho que preservá-lo e evitar queimá-lo muito cedo", afirmou Waldemar. A tendência é a de que ele opte por uma outra improvisação: como Anderson está machucado, o zagueiro Fabiano Eller atuaria na posição. Com isso, André Bahia formaria a zaga com Fernando.Outra dúvida de Waldemar, esta sim de ordem técnica e tática, é entre os volantes Jonatas e André Gomes. O primeiro teve sua atuação contra o Paysandu elogiada pelo treinador, enquanto o segundo volta após cumprir suspensão. Como o Figueirense deve pressionar o Flamengo o tempo todo, é bem provável que André Gomes seja o titular, já que tem maior poder de marcação que o companheiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.