Fla tenta patrocínio para ter Romário

O presidente do Flamengo, Edmundo dos Santos Silva, o superintendente de Futebol, Walter Srour, e o superintendente Financeiro, Álvaro Marques, estão em São Paulo e se reuniram nesta sexta-feira com a empresa de refrigerantes que patrocina o atacante Romário para acertar um patrocínio para a contratação do jogador. Há algumas semanas, Oaquim se reuniu com Romário, mas uma divergência salarial estaria atrapalhando o retorno do jogador ao Flamengo. Na ocasião, a diretoria do Rubro-Negro dissera que somente um patrocínio poderia garantir a volta do craque para a Gávea. O contrato de Romário com o Vasco termina domingo e a próxima semana pode ser decisiva para o retorno do jogador à Gávea. Um outro problema para a contratação do craque seria a dívida que o Flamengo tem com ele, cerca de R$ 14 milhões. No ano passado, Romário ganhou na Justiça o direito de receber essa quantia e a diretoria rubro-negra pretende adiar o pagamento. O atacante Zé Carlos, ex-Botafogo, foi apresentando ontem como o mais novo reforço do Flamengo para a disputa da Copa dos Campeões. O jogador é dono do próprio passe e o alugou ao Rubro-Negro por um ano. Ele está há um ano e meio sem atuar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.