Fla tenta se reerguer com a Mercosul

O Flamengo terá nesta quinta-feira a oportunidade de amenizar a ira de sua torcida e a crise que atravessa enfrentando o Grêmio no primeiro jogo da semifinal da Copa Mercosul. O jogo será disputado às 21h45, no estádio do Maracanã, onde o time abriu mão de atuar devido às constantes derrotas que vinha acumulando no Campeonato Brasileiro. Um resultado positivo é considerado também importante para a luta contra o rebaixamento na competição nacional. O técnico Carlos Alberto Torres afirmou que o objetivo do Flamengo é ser campeão da Mercosul e permanecer na primeira divisão do torneio nacional, o que seria uma reviravolta na atual situação do clube neste segundo semestre. O contraste tem marcado a campanha flamenguista este ano. Caso venha a atingir os objetivos do treinador, o Flamengo pode terminar a temporada recheado de conquistas - já foi tricampeão carioca e conquistou a Copa dos Campeões, que lhe assegurou uma vaga na Taça Libertadores da América de 2002. Torres, que vem sendo uma espécie de conciliador na Gávea, atenuando as divergências que ocorrem no clube, conseguiu fazer com que a dupla mais badalada, Edílson e Petkovic, dessem uma trégua na briga de vaidades que vêm tendo. No entanto, rumores dão conta de que somente um dos dois continuará no Flamengo. O técnico flamenguista contará com o reforço de dois jogadores que estiveram ausentes das últimas partidas: o lateral-esquerdo Cássio e o meia Beto. O primeiro já se recuperou de uma cirurgia para retirada do apêndice. O segundo estava com dores na coxa esquerda. O meia Felipe Mello, autor do gol salvador contra o Internacional, e o volante Vampeta, que apareceu para treinar nesta quarta-feira após "sumir" durante seis dias, não poderão ser escalados, uma vez que não foram inscritos na competição sul-americana. Vampeta declarou que não pode ser chamado de mercenário, pois está sem receber salários há quatro meses, ou seja, desde quando foi contratado. Nesta quarta-feira, ocorreu uma reunião em que os dirigentes disseram que o clube não teria recursos para pagar um dos vários meses atrasados. Beto saiu do treino revoltado. Disse que não era hora de tocar nesse assunto, afinal o time terá um jogo importante. A previsão é a de que o pagamento seja efetuado na quinta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.