Flamengo admite que precisa ser perfeito na Copa Libertadores

Carioca é o lanterna do Grupo 7, com quatro pontos somados em quatro rodadas

Agência Estado

20 de março de 2014 | 08h44

LA PAZ - O Flamengo admite que a sua situação na Copa Libertadores é dramática. Derrotado por 1 a 0 pelo Bolívar, em La Paz, na noite de quarta-feira, o time é o lanterna do Grupo 7, com quatro pontos somados em quatro rodadas. Por isso, o zagueiro Wallace reconhece que a equipe não pode mais errar. "Não adianta, temos que chegar aos dez pontos", disse.

O time volta a entrar em campo pela Libertadores em 2 de abril, no Equador, onde vai enfrentar o Emelec. Depois, no dia 9, receberá o Emelec, no Maracanã. E precisará vencer ambos os jogos para se garantir nas oitavas de final da competição sem depender de outros resultados.

Para Wallace, o gol sofrido logo no começo da partida, aos quatro minutos do primeiro tempo, foi determinante para a derrota do Flamengo. "Acabamos tomando gol na fatalidade. Temos que vencer, trabalhar para corrigir os erros. Tomamos um gol muito cedo e o time acabou sentindo", analisou Wallace.", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.