Flamengo ainda pensa em Edílson

O Flamengo não vence uma partida há seis jogos e no próximo domingo já estréia no Campeonato Brasileiro, enfrentando o Coritiba, no Maracanã. Hoje, foi um dia de reuniões na Gávea entre o presidente Hélio Ferraz, o diretor de Futebol Radamés Lattari e o técnico Nelsinho Bapstista. O assunto foi a atual situação do clube, contratações e dispensa de jogadores. "Mudamos a comissão técnica, reestruturamos o Departamento de Futebol e vamos mexer no elenco", disse Ferraz. "Já trouxemos um volante (Fabinho, ex-Ponte Preta) e nos próximos dias teremos novidades." Sobre o atacante Edílson, o dirigente afirmou que a prioridade é do Cruzeiro, dono do passe do jogador. Caso ele não acerte com o time mineiro, o Flamengo poderá pensar no seu retorno. O meia Lopes, um dos jogadores mais perseguidos pela torcida nas últimas partidas do Flamengo, ainda está devendo uma boa atuação. Ele reconhece estar vivendo um momento ruim e que ainda não demonstrou todo o seu potencial. "O time todo foi mal.O Nelsinho só comandou dois treinos e a tendência é que, com o tempo, os jogadores subam de produção", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.