Marcos de Paula/AE - 19/1/2010
Marcos de Paula/AE - 19/1/2010

Flamengo ameaça excluir Teixeira do quadro de sócios

Clube quer que presidente da CBF esclareça a decisão da entidade de entregar a 'Taça das Bolinhas' ao São Paulo

AE, Agência Estado

15 de abril de 2010 | 19h51

Revoltado com decisão da CBF de entregar a "Taça das Bolinhas" ao São Paulo, o presidente do Conselho Fiscal do Flamengo, Leonardo Ribeiro, ameaçou retaliar o presidente Ricardo Teixeira nesta quinta-feira.

Veja também:

linkDecisão sobre sede da abertura é da Fifa, diz ministro

Ele avisou que poderá pedir a exclusão do presidente da CBF do quadro de sócios beneméritos do clube carioca, caso ele não apareça na Gávea nos próximos dias para esclarecer a decisão da entidade à Comissão de Ética do Flamengo.

De acordo com o dirigente rubro-negro, ao dar a taça ao São Paulo, o presidente da CBF infringiu o artigo 241 do estatuto social do Flamengo por não "contribuir para a grandeza patrimonial e esportiva" do clube.

A decisão também revoltou a presidente Patrícia Amorim, que acusou Teixeira de retaliação por causa do apoio do clube a Fábio Koff nas eleições do Clube dos 13, na segunda-feira. A confederação apoiava o candidato Kléber Leite, ex-presidente do Flamengo.

"O Flamengo considera uma atitude intempestiva e inoportuna da CBF ter feito esse pronunciamento ontem [quarta-feira]. Não quero acreditar, mas tudo me leva a acreditar que tratou-se de uma retaliação da CBF", criticou a dirigente. "A CBF, além de retaliar, queria provocar desunião entre os clubes. Não quero bater de frente nem com o São Paulo nem com o Sport", completou.

Patrícia Amorim pretende usar um documento do próprio Clube dos 13 para reverter a decisão. Ela vai mandar esses papéis para a CBF nos próximos dias atentando que o Clube dos 13, organizador da Copa União de 1987, e os presidentes dos clubes assinaram acordo que dividia o título do torneio entre Flamengo e Sport.

A CBF informou nesta quinta-feira que só vai se pronunciar novamente sobre o assunto quando receber os documentos e que não vai comentar as declarações de Patrícia.

MANIFESTAÇÃO - Um grupo de torcedores do Flamengo vai protestar, na tarde de segunda-feira, contra Ricardo Teixeira, em frente à sede da CBF, na Barra da Tijuca (zona oeste). Os manifestantes pretendem fazer o enterro simbólico do dirigente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.