Divulgação/Flamengo
Divulgação/Flamengo

Flamengo anuncia a contratação do técnico Dorival Júnior

Treinador chega para substituir Maurício Barbieri, que foi demitido nesta sexta-feira

O Estado de S.Paulo

28 de setembro de 2018 | 16h14

Poucas horas depois de dizer à reportagem do Estado que ainda "aguardava uma posição" do Flamengo após receber uma proposta para poder assumir o comando do time, Dorival Júnior foi confirmado oficialmente pelo clube, na tarde desta sexta-feira, como novo técnico rubro-negro. O treinador foi contratado para substituir Maurício Barbieri, demitido na última manhã ao não resistir no cargo após a eliminação sofrida diante do Corinthians nas semifinais da Copa do Brasil.

Por meio de curta nota divulgada em seu site oficial, o Flamengo confirmou que Dorival  vai desembarcar ainda nesta sexta em Salvador, onde o time enfrentará o Bahia neste sábado, às 21 horas, na Fonte Nova, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O clube informou também que ele chegará com os auxiliares Lucas Silvestre e Leonardo Porto e será apresentado como novo comandante rubro-negro neste sábado, às 9h30, no hotel onde a delegação da equipe está hospedada na capital baiana. Quase 12 horas mais tarde, o técnico fará a sua estreia no duelo válido pelo Brasileirão.

Procurado pelo Estado, Dorival negou, no início da tarde desta sexta-feira, que já havia acertado a sua ida para o Flamengo, mas confirmou que foi procurado pela diretoria do clube. "Desculpe, mas não dá pra falar em cima de hipóteses porque não tem nada fechado. Só foi feito um contato do Flamengo e a gente fica aguardando uma posição, só isso, entendeu? Falar em cima de hipóteses é muito difícil para qualquer profissional", afirmara o comandante, por meio de uma mensagem de WhatsApp, menos de quatro horas antes de ser oficializado pelo clube carioca. 

Essa será a segunda passagem de Dorival como técnico do Flamengo, que ele dirigiu anteriormente entre o fim de julho de 2012 e a primeira quinzena de março de 2013. Curiosamente, ele foi o primeiro treinador demitido por Eduardo Bandeira de Mello após o dirigente assumir a presidência do clube, em janeiro daquele ano. Neste curto período, ele esteve à frente do Flamengo em 37 jogos, com 15 vitórias, 12 empates e 10 derrotas (aproveitamento de 51,3%). 

Na nota que divulgou nesta sexta, a direção flamenguista não confirmou o tempo de contrato com o treinador, mas ele chega inicialmente com acordo para dirigir a equipe pelo menos até dezembro. O seu principal objetivo será levar o time ao título do Brasileirão, no qual ocupa hoje a quarta posição, com 48 pontos, três atrás do líder São Paulo.

Dorival estava sem dirigir um clube desde março, quando foi demitido justamente pelo São Paulo um dia após uma derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, em clássico no Allianz Parque, pelo Campeonato Paulista. Ele havia assumido o time do Morumbi em 2017, quando também finalizou uma longa passagem à frente do Santos, que havia sido iniciada em 2015. Antes disso, o treinador também dirigiu o Palmeiras, por um breve período, em 2014.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
FlamengoDorival Juniorfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.