Alexandre Vidal/Flamengo
Alexandre Vidal/Flamengo

Flamengo aponta 'ataques sórdidos' contra Jorge Jesus antes de final do Carioca

Clube critica notícias veiculadas pela imprensa sobre a possível saída do técnico rumo ao Benfica após a partida do Maracanã

Redação, Estadão Conteúdo

15 de julho de 2020 | 15h01

O Flamengo rebateu nesta quarta-feira as notícias que apontam uma possível saída do técnico português Jorge Jesus para o Benfica. Por intermédio de um comunicado em seu site oficial, o clube rubro-negro afirmou ser alvo de notas que "tentam passar um clima de discórdia" e desestabilizar o time "através de ataques sórdidos ao nosso mais que vitorioso treinador".

"Já não é de hoje que isto acontece antes de jogos importantes", apontou o texto, referindo-se ao segundo jogo da final do Campeonato Carioca diante do Fluminense, nesta quarta-feira, às 21 horas, no estádio do Maracanã. "Usam sempre o mesmo modelo de ataque: ou através de 'amigos' na imprensa, ou pelo anonimato covarde das redes sociais, ou ainda pela utilização de 'parceiros úteis' para este tipo de ação".

Por fim, o texto ressaltou a união entre o presidente Rodolfo Landim, diretoria, técnico e time. Além de afirmar que um "Flamengo forte e vencedor incomoda muita gente".

COVID E MOSAICO

A diretoria do Flamengo também informou que as 40 pessoas do clube envolvidas com a decisão do Estadual deram negativo nos exames realizados nesta quarta-feira e poderão trabalhar normalmente no Maracanã, que vai apresentar um mosaico rubro-negro e com a frase "42 milhões com vocês", referindo-se ao número de torcedores do time no Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.