Flamengo assina com a Olympikus por cerca de R$ 170 milhões

Este é o valor é estimado do que o time rubro-negro receberá do novo fornecedor de camisas, por 5 anos e meio

Redação

31 de maio de 2008 | 14h49

A Olympikus é a nova fornecedora de material esportivo do Flamengo, substituindo a Nike. O contrato entre a empresa do Grupo Azaléia/Vulcabrás e o time rubro-negro será de cinco anos e meio (até dezembro de 2013) e deve render, na estimativa dos dirigentes, cerca de R$ 170 milhões neste período, com R$ 20,6 fixos por ano, o que seria o maior contrato do gênero no País. Neste começo de acordo, o Fla utilizará uma camisa com três interrogações no lugar da marca do fabricante. "Não há contrato de patrocínio maior do que o nosso em toda a América Latina. Estamos começando um relacionamento com uma empresa 100% brasileira, como desejávamos, e sem intermediários", diz o presidente Márcio Braga. A camisa definitiva será apresentada em cerca de 60 dias."O nosso contrato prevê a construção de um museu do Flamengo no padrão europeu, do mesmo nível do Barcelona", disse o vice-presidente de Marketing do Flamengo, Ricardo Hinrichsen, explicando o destino de parte do dinheiro que será recebido da Olympikus. A nova fornecedora atua no esporte no Brasil desde 1975 e patrocina o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) desde 1999.O contrato com a Nike foi rompido de forma unilateral e será resolvido na Câmara Mundial do Comércio, na França, já que o clube carioca pede indenização pelo não-cumprimento de diversas cláusulas de contrato - em especial a entrega de camisas para venda. Recebia R$ 7,5 milhões por ano e iria até 30 de junho de 2009. Não há prazo para definição.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.