Marcelo Cortes / Flamengo
Marcelo Cortes / Flamengo

Completo, Flamengo ataca o Barcelona por gol e vaga em nova final da Libertadores

Após vencer por 2 a 0 na ida, no Maracanã, equipe de Renato Gaúcho quer confirmar classificação em Guayaquil; Palmeiras espera finalista da competição

Redação, O Estado de S.Paulo

29 de setembro de 2021 | 05h00

Campeão em 2019, o Flamengo defende ótima vantagem no Equador para tentar voltar à decisão da Copa Libertadores após dois anos. Podendo perder por até um gol do Barcelona, em Guayaquil, às 21h30, o técnico Renato Gaúcho aposta na força máxima para garantir a vaga na decisão.

Com Filipe Luís e Arrascaeta à disposição, recuperados de contusão, o treinador deve mandar a campo seu time ideal para buscar o segundo título em três anos. A ordem é explorar os espaços que os equatorianos devem deixar para ampliar a vantagem de 2 a 0.

O Barcelona não esconde que partirá com tudo para o ataque e, em cima disso, Renato vai armar o Flamengo para ser rápido e mortal. Anotar um gol no Monumental, em sua visão, significará a classificação. O Flamengo teria de sofrer quatro gols para ser eliminado. O gol fora é critério de desempate.

Com Arrascaeta, a ordem é fazer a bola chegar rápido em Bruno Henrique e Gabriel Barbosa. Filipe Luiz aumentaria a experiência na defesa e também seria uma válvula de escape da defesa ao ataque.

Renato Gaúcho conhece bem o caminho da  vitória no Monumental. Foi no estádio que o meia Luan se tornou "o rei da América" em 2017. O agora jogador do Corinthians foi o destaque em uma inesquecível vitória por 3 a 0, também pelas semifinais. Arrascaeta pode ser o "cara" da vez.

O treinador sabe da força do rival, pede atenção, mas cobra precisão de seus jogadores nas chances que surgirem em busca do gol qualificado. "O 2 a 0 é uma vantagem muito grande. Até porque existe gol qualificado na Libertadores. O Barcelona é um time bem treinado e com bastante força. Mas vão deixar espaço", afirmou Renato, logo após o triunfo no Maracanã.

Apenas com Carcelén na vaga de Molina, o Barcelona promete partir para cima do Flamengo na tentativa de buscar ao menos dois gols que levariam a decisão para pênaltis. Os equatorianos pregam respeito aos cariocas, mas mostram confiança que uma reviravolta no confronto é possível.

O técnico Fabián Bustos quer o time com coragem e perfeito nos ataques. Só cobra seis defensores que evitem a todo custo sofrer um gol. "Vamos treinar pênaltis já que é uma possibilidade e sonhamos com isso. Precisamos fazer um jogo completo na parte tática e defender bem. É fundamental também que a gente não sofra gols."

FICHA TÉCNICA

BARCELONA-EQU - Burrai;  Castillo, Leon, Riveros e Pineida; Piñatares, Carcelén e Díaz; Martínez, Preciado e Mastriani. Técnico: Fabián Bustos.

FLAMENGO - Diego Alves, Isla, Rodrigo Caio, David Luiz, Filipe Luis; Arão, Andreas, Éverton Ribeiro; Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabriel Barbosa. Técnico: Renato Gaúcho.

ÁRBITRO - Roberto Tobar (Chile).

HORÁRIO - 21h30.

LOCAL - Monumental de Guayaquil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.