Flamengo bate Vasco e dispara na ponta do Brasileirão

Com a vitória sobre o rival por 3 a 1, time rubro-negro abre cinco pontos de vantagem sobre o vice-líder

SÍLVIO BARSETTI, Agencia Estado

13 de julho de 2008 | 20h49

O Flamengo disparou na liderança do Campeonato Brasileiro ao derrotar o Vasco por 3 a 1, nesse domingo, no Maracanã, em um jogo marcado pela cordialidade de dirigentes dos dois clubes e conflitos entre facções da torcida do Vasco. Na tribuna de honra, Márcio Braga e Roberto Dinamite, presidentes de Flamengo e Vasco, assistiram ao clássico um ao lado do outro. Com a vitória, o rubro-negro alcançou 26 pontos - cinco a mais que os vice-líderes Cruzeiro e Grêmio.Veja também: Classificação e resultadosMais de 60 mil pessoas estiveram no estádio - a grande maioria, torcedores do Flamengo - para ver o domínio total do time dirigido por Caio Júnior. Equilibrado em todos os setores, mais entrosado e melhor arrumado taticamente, o time deixou para trás o incidente de alguns de seus atletas com prostitutas em Minas Gerais, no meio da semana, e poderia ter aplicado uma goleada no rival.Mas diminuiu o ritmo depois de ter marcado o terceiro gol, o mais bonito da partida e um dos mais vistosos do Brasileiro: um chute de Cristian de fora da área, com estilo. Antes, o Flamengo já estabelecera vantagem com facilidade. Logo aos 9 minutos de jogo, Ibson, de pênalti, abriu o placar. Depois, Fábio Luciano aproveitou uma trapalhada da zaga vascaína e fez o segundo gol.O trio de atacantes do Vasco, Edmundo, Leandro Amaral e Jean, esbarrava na marcação forte do Flamengo. E a equipe do técnico Antônio Lopes sentia falta de alguém que criasse as jogadas - Morais nesse domingo cumpria suspensão. A cada gol do Flamengo, Márcio Braga era discreto na comemoração e Dinamite, recém-eleito, não escondia a tensão e o desconforto.Com a superioridade total do Flamengo, torcedores do Vasco provocaram brigas na arquibancada - grupos ligados ao ex-presidente Eurico Miranda deram início ao incidente, hostilizando Dinamite. Eles nem festejaram o gol de Alex Teixeira, já no final da partida.Flamengo 3 x 1 VascoFlamengo - Bruno; Leonardo Moura (Luizinho), Fábio Luciano, Ronaldo Angelim e Juan; Airton, Cristian, Jônatas (Diego Tardelli) e Ibson; Marcinho (Obina) e Souza. Técnico: Caio Júnior.Vasco - Tiago; Wagner Diniz (Marquinhos), Eduardo Luiz, Luizão e Pablo; Rodrigo Antônio, Beto (Vinicius), Jonilson e Jean (Alex Teixeira); Leandro Amaral e Edmundo. Técnico: Antônio Lopes.Gols - Ibson (pênalti), aos 9, e Fábio Luciano, aos 37 minutos do 1º tempo. Cristian, aos 19, e Alex Teixeira, aos 39 do 2º tempo.Cartões amarelos - Cristian (Flamengo); Wagner Diniz e Beto (Vasco).Árbitro - Djalma Beltrame (RJ).Renda - R$ 1.153.029,00.Público - 63.611 pagantes.Estádio - Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoFlamengoVasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.