Gilvan de Souza/Divulgação
Gilvan de Souza/Divulgação

Flamengo busca reencontrar a vitória para fugir dos últimos

Cariocas não vencem faz cinco rodadas e fazem duelo direto com o Figueirense para se distanciar da temida zona de rebaixamento

Ronald Lincoln Jr. e Tomás M. Petersen, O Estado de S. Paulo

08 de outubro de 2014 | 08h05

Há cinco jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro, o Flamengo voltou a se encontrar em uma posição complicada da tabela de classificação, próximo à zona de rebaixamento. O técnico Vanderlei Luxemburgo, que chegou ao clube ostentando bons resultados, agora vai ter de trabalhar para motivar os seus jogadores e retomar o caminho dos bons resultados.A equipe vai tentar se reabilitar diante do Figueirense nesta quarta-feira, às 22 horas, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, pela 27.ª rodada.

Entre outras mudanças, o técnico vai escalar o atacante Eduardo da Silva - um dos destaques do time no segundo turno - entre os titulares, no lugar do meia Gabriel. O time também perdeu duas peças importantes no setor defensivo. O volante Cáceres e o zagueiro Wallace estão se recuperando de contusões musculares e não jogam. Em seus lugares entram Luiz Antônio e Marcelo, respectivamente. Cáceres, inclusive, desfalca a seleção do Paraguai em amistosos marcados para as próximas semanas.

No primeiro turno, o duelo acabou em empate por 1 a 1, no estádio do Morumbi, em São Paulo - o mandante era o Flamengo. Se vencer, o time rubro-negro, em 13.º lugar, ultrapassa o Figueirense, que tem um ponto a mais (32 a 31) e inicia a rodada na 11.ª colocação.

Os catarinenses também tratam o jogo como de "seis pontos." E buscam a reabilitação diante do desespero carioca. O Figueirense trabalha com a meta de alcançar 44 pontos, o que garantiria o time na Série A em 2015. Ou seja, precisa conquistar 12 pontos em 33 que disputará.

Contando com esta partida, até o fim do campeonato haverá seis jogos em casa, o que garantiriam a meta.O desfalque mais preocupante para o time alvinegro é do lateral-direito Leandro Silva. Ele sentiu dores na coxa no jogo contra o Goiás e, após exames, foi constatado que ficará de fora pelo menos um mês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.