Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Leonardo Soares|Estadão
Leonardo Soares|Estadão

Flamengo cobra R$ 61 milhões do ex-presidente Kleber Leite

Cartola fez acordo com Consórcio Plaza em 1996 e usou o dinheiro para contratar Edmundo

O Estado de S.Paulo

13 de abril de 2017 | 14h22

O Conselho Deliberativo do Flamengo vai cobrar R$ 61 milhões do ex-presidente Kleber Leite, referentes a dívida de um acordo que não foi para frente do clube com o Consórcio Plaza, de 1996. A pendenga jurídica data de 2002. Na época, Kleber Leite assumiu compromisso e teria recebido R$ 6 milhões para arrendar área do clube por 25 anos.

A transação não evoluiu, mas o cartola usou o dinheiro para contratar o atacante Edmundo, hoje comentarista dos canais Fox. A dívida chegou a bater na casa dos R$ 90 milhões. Mas em abril do ano passado, o clube conseguiu um acordo para a devolução do dinheiro, baixando o valor para R$ 61 milhões.

Esse dinheiro é cobrado agora do ex-presidente Kleber Leite. Em votação nesta semana, o Conselho Deliberativo do Flamengo decidiu não entrar na Justiça contra seu dirigente, mas deu a ele um mês para pagar a dívida.

O Flamengo vai repassar a quantia ao Consórcio Plaza. Se Kleber Leite não pagar a pendência, ele será expulso do clube, além de sofrer processo na Justiça comum. O cartola garantiu não saber de nada. Diz que não deve ao Flamengo.   

Tudo o que sabemos sobre:
FlamengoKleber LeiteFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.