Flamengo cogita permanência de Waldemar

O técnico do Flamengo, Waldemar Lemos, tem realizado boa campanha desde que substituiu o irmão, Oswaldo de Oliveira, no comando da equipe. Até agora, foram 9 jogos e apenas duas derrotas. Com isso, neste final de temporada, e com as eleições do Rubro-Negro se aproximando (será no dia 8 de dezembro), já começam a surgir especulações de que Waldemar poderia continuar no cargo em 2004."Adorei a experiência. Tenho que ressaltar também o mérito dos jogadores. Mas mantenho o que disse antes. Pretendo voltar a ser o auxiliar do Oswaldo", afirmou o treinador, destacando que o ideal seria trabalhar ao lado do irmão no Flamengo. Para tanto, o futuro presidente do clube terá de convencer o ex-técnico do Rubro-Negro, fato complicado porque Oswaldo pediu demissão devido às péssimas condições da sede carioca.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.