Marcos de Paula/AE
Marcos de Paula/AE

Flamengo dá vexame e empata com Horizonte-CE no Rio pela Copa do Brasil

A equipe carioca abriu o marcador, mas deixou o adversário empatar e agora terá de vencer no Ceará

AE, Agência Estado

21 de abril de 2011 | 00h20

RIO - O Flamengo protagonizou nesta quarta-feira um vexame no Engenhão: não saiu do 1 a 1 com o Horizonte (CE). Com isso, precisa ganhar ou empatar por dois ou mais gols, na próxima quarta, no Ceará, para evitar uma eliminação precoce nas oitavas de final da Copa do Brasil. Agora, o clube carioca volta as suas atenções para a semifinal da Taça Rio (segundo turno do Campeonato Carioca) contra o Fluminense, no domingo, no Engenhão.

O Flamengo começou bem a partida, deu a impressão de que venceria facilmente, ainda mais que fez 1 a 0 antes dos 20 minutos de bola rolando. O meia-atacante Negueba cruzou da esquerda, o atacante Wanderley dominou, girou e finalizou de canhota, sem chance para o goleiro Alex.

Goleada à vista? Nada disso. O Horizonte não se abateu e, com a desvantagem no placar, cresceu de produção. Depois de obrigar o goleiro Felipe a fazer uma grande defesa, os cearenses chegaram ao empate: o atacante Siloé fez bela jogada, passou por três jogadores do Flamengo e sofreu pênalti, convertido com categoria pelo volante Elanardo.

Talvez abalado pelo gol que sofrera, o Flamengo não criou mais nada até o intervalo, levando a torcida à loucura. Com isso, os rubro-negros vaiaram o time e cobraram mais garra. Não adiantou nada. A equipe seguiu desorganizada e apática na segunda etapa.

O meia Ronaldinho Gaúcho, mais uma vez, decepcionou: lento, sem explosão e sem criatividade. Nem de longe lembra aquele jogador que já encantou o mundo tempos atrás. Nos minutos finais, perdeu, de cabeça, chance incrível de marcar.

ATLÉTICO-PR AVANÇA - Com uma impiedosa goleada por 5 a 0 sobre o Bahia - 4 a 0 só no primeiro tempo -, na Arana da Baixada, em Curitiba, o Atlético Paranaense se classificou às quartas de final da Copa do Brasil. Os gols foram marcados por Paulo Baier (duas vezes), Manoel, Adaílton e Rafael Santos. Agora, o time rubro-negro enfrenta o vencedor do confronto entre Vasco e Náutico (3 a 0 para o clube carioca, no Recife, pela partida de ida).

Flamengo - 1 - Felipe; Léo Moura, Welinton, David Braz e Renato; Maldonado (Rodrigo Alvim), Willians (Fierro), Thiago Neves e Ronaldinho Gaúcho; Negueba (Diego Maurício) e Wanderley. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Horizonte - 1 - Alex; Ederson (Régis), Douglas, Carlinhos e Júnior Cearense; Elanardo, Valter e Héricules (Da Silva); Isac, Diego (Jackie Chan) e Siloé. Técnico: Roberto Carlos.

Gols - Wanderley, aos 17, e Elanardo (pênalti), aos 38 minutos do primeiro tempo. Cartão amarelo - David Braz, Maldonado, Willians, Welinton, Thiago Neves e Ronaldinho Gaúcho (Flamengo); Valter (Horizonte-CE). Cartão vermelho - Régis (Horizonte-CE). Árbitro - Wagner Reway (MT). Renda e público - Não disponíveis. Local - Estádio Olímpico João Havelange (Engenhão), no Rio de Janeiro (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.