Tasso Marcelo/AE
Tasso Marcelo/AE

Flamengo decide suspender temporariamente contrato de Bruno

Flamengo encontra dificuldades para punir o jogador porque seu contrato segue as leis trabalhistas

Bruno Lousada, da Agência Estado

07 de julho de 2010 | 23h29

Uma comissão criada pelo Flamengo para tratar do caso do goleiro Bruno Fernandes, investigado pelo desaparecimento de sua ex-amante Eliza Samudio, de 25 anos, decidiu suspender temporariamente o contrato do goleiro até a conclusão do inquérito.

Veja também:

linkPolícia contesta advogado e afirma que Bruno só falará em juízo

linkAcusado de sequestro, Bruno se entrega à polícia no Rio

especialESPECIAL - A cronologia do caso Bruno

O advogado esportivo de Bruno, Diogo Souza, já foi comunicado da decisão e voltará a se reunir nesta quinta-feira, 8, com a direção do clube.

 

O Flamengo está encontrando dificuldades em punir o jogador porque seu contrato não inclui direitos de imagem e segue as leis trabalhistas.

Tudo o que sabemos sobre:
FlamengoBrunocontratosuspensao

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.