Flamengo deixa Teresópolis e inicia reta final de preparação

Para a estréia no Carioca, Joel Santana privilegiará os jogadores que terminaram 2007 como titulares

14 de janeiro de 2008 | 19h13

Depois de dez dias de preparação intensiva na Granja Comary, concentração da CBF em Teresópolis, o elenco rubro-negro já está no Rio para os últimos dias de preparação para a estréia no Campeonato Carioca, no dia 20, contra o Boavista, no Maracanã. O técnico Joel Santana deverá privilegiar os jogadores que terminaram a temporada passada como titulares, como deixou transparecer no jogo-treino contra o Huracán (URU), no domingo, que o time venceu por 3 a 0. O time atuou com: Bruno; Leonardo Moura, Fabio Luciano (Rodrigo), Ronaldo Angelim e Juan (Egidio); Jailton (Jonatas), Cristian, Ibson e Toró (Marcinho); Renato Augusto e Souza. A partida acabou servindo também como preparação para os confrontos da Libertadores - além da conta, pois Toró teria sido ofendido de forma racista por um uruguaio. "Vou conversar com eles [jogadores]. É preciso manter a cabeça no lugar e não se irritar com essas provocações. Libertadores é isso o tempo inteiro", disse Joel, já na Gávea, onde alguns atletas fizeram treino físico na manhã desta segunda-feira. O zagueiro Fábio Luciano também quer usar o incidente como alerta. Para o capitão rubro-negro, em 2003 o Corinthians foi eliminado do torneio continental por cair nas provocações dos jogadores do River Plate, que resultaram em duas expulsões. "Essas provocações geram reações fortes e em um jogo para valer podem ser fatais", recomendou.

Tudo o que sabemos sobre:
FlamengoCarioca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.