Flamengo derrota Vasco e vai à final

Com uma excelente atuação do meia Felipe, o Flamengo venceu o Vasco por 2 a 0, na tarde deste domingo, no Maracanã, que recebeu mais de 60 mil torcedores. Com isso, o time flamenguista decidirá no sábado o título da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca, contra o Fluminense, que passou pelo Americano na semifinal. Desde o primeiro minuto de jogo, Felipe, com habilidade, soube levar vantagem sobre a frágil defesa vascaína, que não conseguiu anulá-lo. Principal articulador das jogadas do Flamengo, ele se encarregou de fazer o primeiro gol da equipe, aos 18 minutos, após driblar o zagueiro Santiago e chutar no canto esquerdo do goleiro Fábio.Apesar do gol e da facilidade com que Felipe criou as jogadas de ataque do Flamengo, os jogadores do Vasco, apáticos em campo, continuaram dando liberdade ao meia. A principal preocupação dos vascaínos era explorar a habilidade do meia Marcelinho Carioca, que retornou aos gramados após recuperar-se de uma contusão e estava sem atuar desde dezembro.Marcelinho Carioca até que tentou se esforçar em campo e em três cobranças de faltas, sua especialidade, pouco ameaçou o gol do Flamengo. A melhor oportunidade dele foi em uma bola cabeceada que acertou a trave do goleiro Júlio César. Enquanto isso, o Flamengo atacava com mais eficiência. Tanto que, aos 25 minutos, o meia Zinho cruzou a bola pela direita e o zagueiro Henrique, de cabeça, aumentou a vantagem.Já prevendo o vexame do Vasco, derrotado aos gritos de "olé" da torcida adversária, Marcelinho Carioca foi substituído por Léo Macaé, no início do segundo tempo, e, assim como o presidente vascaíno Eurico Miranda, deixou o Maracanã sem falar com os jornalistas. O panorama da partida não se modificou na segunda etapa. O Vasco melhorou um pouco seu posicionamento tático, mas a necessidade de marcar gols o obrigou a ceder perigosos contra-ataques ao Flamengo.O goleiro vascaíno Fábio fez importantes defesas em chutes de Zinho, Juliano e Rafael. Mas não saiu mais gol.E, apesar da pouca violência em campo, a partida terminou com duas expulsões. Aos 43 minutos, após uma troca de empurrões, o árbitro Luiz Antonio Silva dos Santos expulsou o flamenguista Jônatas e o vascaíno Morais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.