Flamengo deve ficar na Liga Rio-SP

Os integrantes da Liga Rio-São Paulo e os representantes da Rede Globo devem definir nesta sexta-feira o futuro do Torneio Rio-SP 2002, que deve ter a permanência do Flamengo e do Botafogo-SP e a ausência do Vasco. Na quarta-feira, os dirigentes da entidade deram um ultimato aos presidentes dos dois clubes cariocas, que ameaçavam não disputar a competição sem o aumento das cotas dos direitos de transmissão pela TV.A expectativa do presidente do Botafogo-SP, Ricardo Ribeiro, é de que a presença do clube na competição seja confirmada. O dirigente recebeu informações extra-oficiais de que o Flamengo teria encaminhado um fax à Liga informando que disputaria o torneio, enquanto o Vasco sequer oficializou sua posição por meio de comunicado. Na quarta-feira, os dois cariocas afirmaram que estavam fora da disputa.A situação permitiria a reintegração do Botafogo-SP, que havia sido substituído pelo São Caetano após votação em reunião da Liga na última quarta-feira. Segundo o presidente do Fluminense, David Fischel, o time de Ribeirão Preto teria prioridade em caso de desistência de Vasco ou Flamengo. No caso da ausência dos dois clubes, o plano seria chamar mais um time carioca - que poderia ser o Volta Redonda, o Madureira ou o Olaria - para a disputa."Pelo que sei, se tudo se confirmar na reunião de amanhã, o Botafogo-SP permaneceria em sua posição original na tabela de jogos e o São Caetano viria a ser o substituto do Vasco", revelou David Fischel.Os dirigentes que integram a Liga Rio-São Paulo têm uma reunião programada nesta sexta-feira para discutirem o assunto. A Rede Globo, que possui o direito de transmissão da competição, tem se mostrado receptiva às mudanças, mas deve se manifestar oficialmente sábado, informando se está disposta a pagar os R$ 65 milhões do acordo inicial ou se haverá uma redução no valor final do acordo para mostrar os jogos pela TV.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.