Flamengo divulga numeração e continuará com a camisa 1 vaga

No mesmo dia do seu primeiro compromisso em 2016, o amistoso contra o Ceará no Castelão, o Flamengo divulgou a numeração que utilizará na temporada. Sem grandes novidades, o time continua sem ter um dono da camisa número 1. Além disso, apenas três dos reforços anunciados - Rodinei (2), Juan (4) e Willian Arão (5) - receberam números que vão do 2 ao 11, tradicionalmente utilizados por titulares.

Estadão Conteúdo

21 Janeiro 2016 | 15h57

O número 2 do Flamengo estava vago desde a saída de Léo Moura e agora será utilizada por Rodinei. Já o lateral-esquerdo Jorge, titular do Flamengo trocou o 36 pelo número 6. Parceiro de Juan na zaga neste início de temporada, Wallace usará o número 14.

Paulo Victor e Alex Muralha, que disputam a condição de goleiro titular do Flamengo, vão utilizar os números 48 e 38, respectivamente. Já o argentino Mancuello, principal contratação do time para a temporada, optou por envergar o número 23. Assim, Ederson, que ainda se recupera de lesão e ainda não está à disposição do técnico Muricy Ramalho, seguirá com o número 10.

Além de Mancuello e Alex Muralha, outros três reforços anunciados pelo Flamengo utilizarão números acima do 20. São eles: Antonio Carlos (25), Arthur (28) e Chiquinho (30).

Confira como ficou a numeração do Flamengo para 2016:

2 - Rodinei

3 - César Martins

4 - Juan

5 - Willian Arão

6 - Jorge

7 - Marcelo Cirino

8 - Marcio Araújo

9 - Guerrero

10 - Ederson

11 - Emerson

14 - Wallace

17 - Gabriel

18 - Jonas

19 - Alan Patrick

20 - Canteros

21 - Pará

22 - Éverton

23 - Mancuello

25 - Antonio Carlos

27 - Kayke

28 - Arthur

29 - Nixon

30 - Chiquinho

31 - Douglas Baggio

34 - Rafael Dumas

35 - Jajá

37 - Cesar

38 - Alex

40 - Thiago Santos

45 - Daniel

48 - Paulo Victor

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.