Flamengo e Beto: um caso sem solução

Depois de faltar à reapresentação do Flamengo, na segunda-feira, e ao treino da manhã desta terça-feira, o meia Beto chegou à tarde e não quis dar declarações sobre sua ausência. O jogador está insatisfeito com vários episódios que vem ocorrendo. Em dezembro do ano passado, a negociação de Beto com o futebol grego acabou fracassando e o jogador ficou sem clube. Em fevereiro desse ano, ele retornou ao Flamengo e até hoje não recebeu o salário.Segundo o supervisor de Futebol, José Chimello, Beto está chateado com o acidente de carro que sofreu, no último domingo. Na ocasião, ele estava no banco de trás do veículo e nada sofreu, mas Cristiane, que dirigia, e é conhecida por ter participado da primeira versão do programa Big Brother Brasil, teve que ser internada com fraturas nas costelas.O técnico Lula Pereira disse ter conversado com o jogador e que tudo está superado. "Gosto muito do Beto que para mim é como se fosse um filho. Ele é o capitão da equipe, nosso homem de confiança", afirmou o treinador. Ele contou também que o assunto dos salários atrasados não está sendo discutido pela comissão técnica. "A prioridade é o tetracampeonato."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.