Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Flamengo e Cruzeiro decidirão semifinais da Copa do Brasil em casa

Engenhão e Luso-Brasileiro são definidos como palcos do clássico carioca na competição

Estadão Conteúdo

31 de julho de 2017 | 12h06

A CBF definiu nesta segunda-feira os mandos de campo para as semifinais da Copa do Brasil. Flamengo e Cruzeiro decidirão em casa a classificação para a decisão do torneio. A entidade fez um sorteio em sua sede, no Rio. Desta forma, no dia 16 de agosto - data-base reservada para as partidas de ida desta fase do torneio -, Botafogo e Flamengo vão disputar o primeiro clássico carioca no Engenhão, a casa da equipe alvinegra, enquanto Grêmio e Cruzeiro se enfrentarão em Porto Alegre.

Nos jogos de volta, marcados para o dia 23 de agosto, o Flamengo receberá o Botafogo no Luso-Brasileiro, no Rio, e o Cruzeiro atuará diante do Grêmio em Belo Horizonte, no Mineirão. De acordo com a CBF, as finas da Copa do Brasil vão ser realizadas nos dias 7 e 27 de setembro. A competição dá ao seu vencedor o direito de disputar a Libertadores do ano que vem. Isso pode provocar um aumento na contagem das vagas no Brasileirão. Se o campeão da Copa do Brasil acabar o Nacional entre os seis primeiros, o G-6 da Libertadores vira G-7.

Para chegar às semifinais da competição, o Flamengo eliminou o Santos nas quartas de final, com uma vitória por 2 a 0 no Rio de Janeiro e uma derrota por 4 a 2, em Santos - a equipe carioca avançou por ter feito mais gols na casa do adversário. O Botafogo passou pelo Atlético-MG depois de perder por 1 a 0, em Belo Horizonte, e vence o adversário por 3 a 0 no Rio.

O Cruzeiro, por sua vez, chegou à semifinal da competição após dois empates diante do Palmeiras. Na partida realizada no Allianz Parque, em São Paulo, houve igualdade em 3 a 3. No Mineirão, os dois times empataram em 1 a 1, placar que beneficiou o time celeste pelo maior número de gols marcados como visitante. Já o Grêmio venceu os dois embates diante do Atlético-PR (4 a 0 em casa e 3 a 2 em Curitiba).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.