Flamengo e Grêmio empatam por 2 a 2

Flamengo e Grêmio empataram por 2 a 2, no Maracanã, no jogo de ida numa das semifinais da Copa Mercosul. O jogo foi bastante movimentado e a equipe carioca chegou a estar vencendo por 2 a 0, diante de quase 40 mil torcedores. Uma mudança tática do técnico Tite, permitiu a reação do Grêmio, e acabou anulando o ímpeto do time da casa. O técnico gremista pôs Fábio Baiano no jogo, no meio do primeiro tempo e a partir daí, sua equipe passou a ter o domínio do jogo. Flamengo e Grêmio enfrentam-se agora na próxima semana no estádio Olímpico. Se houver empate, a vaga para a final será decidida nos pênaltis. O Flamengo começou pressionando bastante com o apoio de sua torcida, e logo aos 5 minutos abriu o placar. Petkovic cobrou uma falta da intermediária e Juan subiu mais que Marinho para cabecear. Sem defesa para Danrlei. Os dois times marcavam bem e o jogo era bastante movimentado, em ritmo até surpreendente para o calor que fazia nesta quinta-feira no Rio, mais de 30 graus. O Flamengo era bem melhor e aos 14 quase fez o segundo, numa falta cobrada por Beto, que Danrlei não segurou. Mas, aos 19, Beto não desperdiçou. Ele aproveitou passe de Reinaldo e concluiu de pé direito para fazer 2 a 0. O lance foi polêmico porque Reinaldo disputou a bola com Marinho e tocou a perna esquerda do zagueiro do Grêmio, derrubando-o na área antes de dar seqüência ao lance. O Flamengo dava impressão de que golearia o Grêmio, mas aos 28 minutos o técnico Tite fez uma mudança que mudou inteiramente a partida. Ele tirou Cláudio e colocou em seu lugar, Fábio Baiano. O time Gaúcho passou a ser mais agressivo e três minutos depois Anderson Polga, de cabeça diminuiu a vantagem. Ainda assim o Flamengo esteve por marcar o terceiro gol no primeiro tempo em mais duas oportunidades por intermédio de Petkovic, o melhor do time. Na etapa final, o Grêmio passou a dominar a partida, marcando sob pressão a saída de bola do Flamengo, desarticulando todas as jogadas do time carioca. Fábio Baiano, que teve ótima atuação desperdiçou chance incrível, aos 23 diante de Júlio César, que salvou o gol de joelho direito. Aos 36, no entanto, Luiz Mário chutou de fora da área, a bola bateu na trave, e na sobra Fábio Baiano empatou a partida. Só depois da reação do Grêmio, já no final da partida, é que o Flamengo voltou a atacar, mas Danrlei apareceu bem novamente e evitou um gol de Alessandro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.