Gilvan De Souza / Flamengo
Gilvan De Souza / Flamengo

Flamengo é vaiado, leva gol de bicicleta, mas vira em estreia na Copa do Brasil contra o Altos-PI

Pedro e João Gomes garantem os gols cariocas enquanto Manoel desconta para os mandantes

Redação, Estadão Conteúdo

01 de maio de 2022 | 20h32

No confronto entre o poderoso Flamengo diante do modesto Altos, da Série C, a lógica prevaleceu em Teresina. Mas, apesar da vitória de 2 a 1, alguns percalços marcaram a estreia do time carioca na Copa do Brasil. O time passou dificuldades no primeiro tempo, levou uma bola na trave quando o jogo estava 0 a 0 e ainda deixou o primeiro tempo sob vaias.

Ao final do jogo, porém, o clima foi de festa. David Luiz ficou tirando selfies próximo a arquibancada e teve ainda um torcedor que invadiu o gramado para abraçar o centroavante Pedro.

A aposta em um time alternativo trouxe um certo desentrosamento, que diminuiu com as entradas de João Gomes e Lázaro após o intervalo. Pedro e João Gomes garantiram o resultado enquanto Manoel, com um golaço de bicicleta, abriu o placar para os mandantes.

O jogo de volta pela Copa do Brasil acontece na dia 11 de maio, no Maracanã. Mas o time da Gávea encara a dificuldade de um calendário apertado. Primeiro tem o desafio neste meio de semana diante do Talleres, na Argentina, pela Libertadores. No próximo domingo, a equipe volta a virar a chave, centra o foco no Brasileiro e enfrenta o Botafogo.

Em jogo que atraiu um bom público ao estádio Albertão, em Teresina, o rubro-negro até que começou bem, teve uma boa chance com Bruno Henrique em cabeçada após escanteio de Marinho, mas aos poucos, diminuiu o ritmo em função da correria do adversário.

O desentrosamento da equipe carioca encorajou o Altos a entrar na partida e, até em certos momentos, jogar no campo do adversário. Essa tática, porém, quase custou caro após uma recuperação de bola da equipe flamenguista.

Diego fez ligação direta e lançou Bruno Henrique em velocidade. Ele entrou na área, cortou o zagueiro e chutou na saída do goleiro, que conseguiu desviar a bola para a linha de fundo. A resposta dos piauienses foi imediata e deu um susto no goleiro Santos. Manoel tabelou com Marconi e chutou de longe. A bola viajou e carimbou o travessão rubro-negro.

O setor esquerdo defensivo seguiu apresentando problemas. Ayrton Lucas, que fez sua estreia, sentiu a falta de ritmo e perdeu lances bobos. Na frente, Pedro, com pouca mobilidade, foi facilmente marcado pela zaga adversária.

No fim do primeiro tempo, a equipe do técnico Paulo Sousa ainda teve um bom momento em falta sofrida por Diego na entrada da área. Léo Pereira fez a cobrança, a bola desviou na barreira e levou perigo à meta de Marcelo. O reflexo da fraca exibição foi expressado em forma de vaias dos torcedores que estiveram no Albertão ao fim do primeiro tempo.

O retorno para a etapa final contou com um Flamengo mais ligado. Pedro e Marinho perderam duas boas chances antes dos dez minutos. As entradas de Lázaro e João Gomes deram mais qualidade ao toque de bola do time carioca que acabou punido após um lance confuso em sua área.

A bola ficou pingando na área, Bruno Henrique tentou afastar de cabeça e deu uma assistência na medida para o centroavante Manoel aplicar uma bicicleta que abriu o placar no Albertão aos 16 minutos.

A beleza do lance provocou uma euforia no estádio. Os torcedores, porém, tiveram pouco tempo para festejar o gol da equipe piauiense. Bruno Henrique roubou uma bola no ataque, invadiu a área e só rolou para Pedro empatar a partida aos 19.

O 1 a 1 deixou o jogo mais corrido e o Flamengo tomou as rédeas do confronto. Com maior volume, a virada teve como origem a bola parada. David Luiz bateu falta de longe, Marcelo espalmou, a bola bateu na trave e correu a linha do gol. O zagueiro hesitou em afastar o perigo e permitiu a chegada de João Gomes que conseguiu fazer 2 a 1 aos 33.

A partir daí, o time local sucumbiu de vez. Pedro acertou belo arremate e carimbou a trave. Nos acréscimos, Rodinei ainda entrou livre, mas foi travado pelo goleiro e perdeu a chance de fechar a partida com mais um gol flamenguista.

FICHA TÉCNICA

ALTOS 1 x 2 FLAMENGO

ALTOS - Marcelo; Júlio Ferrari (Danilo), Fábio Aguiar, Lucas Souza e Dieyson; Sousa Tibiri (Bruno Sousa), Marconi (Lídio), Diego Viana; Elielton (Danillo Bala), Betinho e Manoel (Dieguinho). Técnico: Francisco Diá.

FLAMENGO - Santos; Rodinei, David Luiz, Léo Pereira e Ayrton Lucas (Marcos Paulo); Daniel Cabral (João Gomes), Diego, Igor Jesus (Lázaro); Bruno Henrique (Peterson), Marinho (Vitor Hugo) e Pedro. Técnico: Paulo Sousa.

GOLS - Manoel, aos 16, Pedro, aos 19 e João Gomes, aos 33 do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Fábio Aguiar e Lídio (Altos).

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues de Souza (SP).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Albertão, em Teresina (PI).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.