Montagem Estadão
Montagem Estadão

Em má fase, Flamengo e Vasco iniciam briga na Copa do Brasil

Rubro-Negro não embala; rival agoniza na lanterna do Brasileirão

MARCIO DOLZAN, O Estado de S. Paulo

19 de agosto de 2015 | 06h48

O Flamengo faz uma campanha apenas regular no Campeonato Brasileiro, enquanto o Vasco, em crise, segura a lanterna da competição. Mas o mau momento dos cariocas na principal competição nacional será deixado de lado na noite desta quarta-feira, quando os dois times se enfrentam no Maracanã, a partir das 22 horas, na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. O clássico deve ter grande público e é visto pelo Vasco como uma chance de se reerguer no ano.

"Esse jogo pode mudar muito a cara do Vasco. Não tem a ver com o Brasileiro, mas acarreta. Se ganharmos, nos dará uma moral muito grande, mostrando ao grupo e à torcida que estamos vivos, que confiamos na virada", disse o meia Nenê. "Clássico é clássico e pode ajudar no Brasileiro em caso de vitória."

O jogador lembrou o bom retrospecto do Vasco sobre o maior rival na temporada - o time eliminou o Flamengo nas semifinais do Carioca e venceu a partida do primeiro turno do Brasileirão, disputada em Cuiabá. Segundo Nenê, os números mostram que o time tem condições de levar a melhor na disputa.

O meia deve ser titular nesta quarta-feira, mas a escalação do time é uma incógnita. Apresentando na segunda-feira, o técnico Jorginho comandou dois treinos fechados. A tendência, porém, é que mantenha a base que vinha atuando sob o comando de Celso Roth. Mudanças poderão ser feitas no ataque.

No Flamengo, o técnico Cristóvão Borges conta com o retorno do zagueiro Wallace. O time deverá atuar de forma ofensiva, com Ederson e Everton se aproximando dos atacantes Emerson Sheik e Guerrero.

O time está confiante. Na véspera do jogo, o lateral-esquerdo Jorge prometeu "matar no primeiro jogo" a classificação às quartas. "Eles (Vasco) estão mal demais no Brasileiro, mas vão entrar com tudo para cima da gente. Nós vamos entrar para cima deles também e vamos matar no primeiro jogo", afirmou.

Até o início da noite de terça-feira, mais de 26 mil ingressos haviam sido comercializados para o confronto. O Flamengo é o mandante da partida, mas isso não terá influência em termos de classificação: como os dois jogos serão no Maracanã, não haverá gol qualificado como critério de desempate.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa do BrasilFlamengoVasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.