Flamengo e Vasco se atacam no Maracanã

O Maracanã será o palco neste domingo de um duelo de táticas entre os arquiinimigos Vasco e Flamengo na disputa pela sobrevivência na Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. Às 18 horas, de um lado estará o time de São Januário com a formação 4-3-3, com o artilheiro Romário, do outro se posicionará o Rubro-Negro com o 3-4-3, com o jovem atacante Fellype Gabriel.Até o início desta penúltima rodada, o Vasco estava em segundo lugar na tabela de classificação do grupo A, com sete pontos, o mesmo número do Botafogo e a três do líder Volta Redonda. Um mal resultado ante o Flamengo praticamente eliminará a equipe da competição. Por isso, o técnico vascaíno Joel Santana manteve a formação ofensiva que estreou com uma goleada por 6 a 0 sobre o Moto Clube-MA, na quarta-feira, pela Copa do Brasil. "A equipe se portou bem e todos conseguiram cumprir seu papel. A defesa não ficou desprotegida. Só precisamos de alguns ajustes", disse Joel Santana, que optou por fazer uma alteração no meio-de-campo.Substituiu Gomes por Róbson Luis. No ataque permanece o trio Romário, Alex Dias e Marco Brito. "Só não vou explicar o posicionamento dos jogadores para não entregar o ouro para o adversário."No Flamengo, o técnico Cuca disse estar confiante, principalmente, porque o time se adaptou a uma armação tática. Para o confronto deste domingo, ele teve somente dois problemas para escalar a equipe: com a suspensão de Renato, Adrianinho e Zinho disputam a vaga no meio-de-campo. E o ala-direito Ricardo Lopes, se recuperando de uma contusão muscular, fará um teste para saber se tem condições de atuar. Se necessário, Fábio o substituirá.Mas a principal atração do Flamengo para o clássico é Fellype Gabriel, de 19 anos. Revelado nas divisões de base do clube, já enfrentou o Vasco várias vezes, mas nunca na equipe principal. "Estou muito ansioso e com um frio bom na barriga", contou Fellype Gabriel. O jogador tem preocupado o Flamengo por vir se sentindo mau durante as partidas. Tem tido queda de pressão e vômitos. "Agora que fiz os exames estou mais calmo e ficará tudo bem." A situação do Flamengo na tabela de classificação do grupo B até o início da rodada era mais cômoda do que a do Vasco. O Rubro-Negro estava em segundo com sete pontos, três de vantagem para o terceiro colocado, o Americano. O líder é o Fluminense com nove.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.