Alexandre Vidal/Flamengo
Alexandre Vidal/Flamengo

Flamengo e Volta Redonda buscam vitória em decisão para não 'morrerem abraçados'

Um triunfo para qualquer lado garante o título da Taça Guanabara, o que promete ser um grande espetáculo

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de abril de 2021 | 11h14

Dois melhores times do Campeonato Carioca e donos de ataques potentes, Flamengo e Volta Redonda prometem um jogo bastante ofensivo neste sábado, às 19 horas, no Maracanã, no Rio de Janeiro. Uma vitória para qualquer lado garante o título da Taça Guanabara e, desta forma, líder e segundo colocado têm tudo para promover um belo espetáculo.

Com um ponto de vantagem, o time da Cidade do Aço deixou escapar a chance de jogar pelo empate na rodada passada, após 1 a 1 com o Bangu que deixou o Fluminense "vivo". Desta forma, uma igualdade pode fazer as equipes "morrerem abraçadas".

Atual campeão, o Flamengo buscará seu 23º troféu da Taça Guanabara, enquanto o Volta Redonda mira sua segunda taça após conquistá-la em 2005. O Fluminense corre por fora e tem de ganhar do Madureira, no domingo, além de torcer para o jogo deste sábado terminar empatado. Ele alcançaria os mesmos 22 pontos do Volta Redonda, com uma vitória a mais.

Depois de conquistar a Supercopa do Brasil com bela apresentação de Arrascaeta, Rogério Ceni deve novamente apostar no uruguaio no Maracanã. Desde a volta das férias, o jogador anotou gol em cada uma das quatro partidas que atuou, está empolgado, mas ainda não renovou o seu contrato. "Ainda estamos conversando (sobre a renovação). A gente já vem falando há muito tempo e o importante é que o clube quer que eu fique aqui, e eu estou muito feliz aqui. Esperamos que tudo possa ser resolvido", afirmou, em entrevista para a rádio Sport 890, do Uruguai.

Estrear com vitória de virada sobre o Vélez Sarsfield, na Argentina, pela Copa Libertadores, deixou o elenco rubro-negro ainda mais animado. A confiança é grande numa vitória no Maracanã para garantir a segunda taça da temporada e a terceira seguida em apenas dois meses.

O zagueiro Rodrigo Caio será ausência no confronto decisivo no Maracanã. O defensor sentiu um desconforto no adutor da coxa na rodada passada, diante da Portuguesa-RJ, e está fora dos relacionados.

Na sexta-feira pela manhã o zagueiro realizou exame com o radiologista Alexandre Galeno, acompanhado pelo médico do clube, Márcio Tannure, no qual foi detectada uma grande fibrose no local. Não há lesão, porém ele foi cortado do jogo para seguir os trabalhos de reabilitação e fortalecimento.

No último trabalho, Ceni usou Matheuzinho na lateral-direita, adiantando Willian Arão para o meio. Diego e Éverton Ribeiro disputam uma vaga. É possível que o meia ganhe um descanso por causa do desgaste.

Invicto contra os grandes do estado, após ganhar de Vasco e Fluminense e empatar com o Botafogo, o Volta Redonda aposta nesse retrospecto para também surpreender o Flamengo e voltar a dar a volta olímpica.

O técnico Neto Colucci trabalha bastante o psicológico do grupo após três empates frustrantes seguidos, o último diante do frágil Bangu. Quer reerguer a confiança do elenco para soltar o grito de campeão após 16 anos na Taça Guanabara.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.