Alexandre Vidal/Divulgação
Alexandre Vidal/Divulgação

Flamengo encara a força do Cruzeiro dentro do Mineirão

O clássico do futebol brasileiro abre a disputa entre ambos na Copa do Brasil, e começa às 21h50

LEONARDO MAIA, Agência Estado

21 de agosto de 2013 | 07h33

RIO - Cruzeiro e Flamengo abrem nesta quarta-feira um dos confrontos mais aguardados das oitavas de final da Copa do Brasil. O primeiro jogo entre os dois gigantes do futebol brasileiro acontece no Estádio Mineirão, a partir das 21h50, em Belo Horizonte. O Flamengo tenta encarar a disputa como uma nova competição, tratando de esquecer as três primeiras fases da Copa do Brasil, quando passou com facilidade por Remo, Campinense e ASA - na avaliação flamenguista, elas não servem de parâmetro.

Nas fases anteriores, o Flamengo era amplamente favorito contra oponentes que estão fora da Série A. Agora, se vê em posição inversa. O Cruzeiro é o vice-líder do Campeonato Brasileiro, em disputa acirrada com o Botafogo pela ponta. "Vamos enfrentar uma das melhores equipes do Brasil, com o melhor elenco e o melhor futebol. Vamos ter que cometer poucos erros e jogar no limite. Temos que dar 110%", disse o goleiro Felipe, titular do Flamengo, destacando o novo formato da Copa do Brasil, que, a partir de agora, contará com os clubes que jogaram a Libertadores no primeiro semestre. "A dificuldade aumenta pelo nível dos adversários."

Contra o Cruzeiro, o Flamengo tentará interromper uma tendência que tem evitado o time de galgar melhores posições na tabela do Brasileirão. A inconsistência, marca de uma equipe jovem e em formação, se apresenta nas estatísticas - ainda não venceu duas partidas seguidas no campeonato. "Sempre fazemos uma boa partida e, quando é para ganhar a segunda e comprovar, fazemos outra abaixo (das expectativas)", reconheceu Felipe. "O time todo precisa de regularidade."

O técnico Mano Menezes tem apenas uma dúvida na escalação: Marcelo Moreno ou Hernane no ataque? No mais, será o mesmo time que apresentou muita irregularidade no empate sem gols com o São Paulo no último domingo. Com Leonardo Moura lesionado, o volante Luiz Antônio continua a quebrar o galho na lateral direita.

EM MINAS

No Cruzeiro, a expectativa é de casa cheia nesta quarta-feira no Mineirão, para conseguir uma boa vitória e abrir vantagem para o confronto de volta com o Flamengo na semana que vem. "Somos extremamente fortes no Mineirão, é continuar marcando firme, e, se continuar com o apoio da torcida, que vem comparecendo em bom número, vai dá tudo certo", disse o lateral-esquerdo Egídio, lembrando que o time ainda não perdeu no estádio desde a reinauguração em fevereiro.

Para enfrentar o Flamengo, o técnico Marcelo Oliveira deve manter o atacante Willian entre os titulares, deixando Luan na reserva. Enquanto isso, o meia-atacante Júlio Baptista, badalado reforço cruzeirense, ficará como opção no banco, porque ainda não tem condições físicas ideais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.