Flamengo encara Inter para se afastar do risco de queda

Em um equilibrado Campeonato Brasileiro, pelo menos no miolo da tabela de classificação, o duelo desta quinta-feira entre Flamengo e Internacional, às 21 horas, no estádio do Maracanã, pela 27.ª rodada, é o denominado "jogo de seis pontos", mesmo com os gaúchos na sétima posição e os cariocas apenas na 12.ª. A proximidade entre o quinto colocado e o 16.º permite que todos os clubes nesse setor sonhem em se aproximar da zona de classificação para a Copa Libertadores ao mesmo tempo em que temem cair para a vizinhança da área de rebaixamento.

AE, Agência Estado

10 de outubro de 2013 | 08h04

É o caso de rubro-negros e colorados, equipes inconsistentes desde o início da competição. A diferença é que os visitantes costumam ter momentos mais positivos que os anfitriões. Os gaúchos não caem para a metade inferior da tabela de classificação desde a sexta rodada, enquanto que os flamenguistas em nenhum momento ocuparam a metade superior. Nesta quinta, as coisas podem se inverter. Com 34 pontos, o Flamengo pode superar o adversário (37) com uma vitória por dois gols de diferença.

Para conseguir tal objetivo, o técnico Jayme de Almeida tem adotado filosofia distinta de seu antecessor, Mano Menezes. O auxiliar de carreira no clube evitar ao máximo mexer na formação titular, o fazendo apenas forçosamente.

As novidades são a estreia do jovem Frauches, de 21 anos, no Brasileirão, devido à falta de opções na zaga. Samir (lesionado), González (seleção chilena) e Wallace (suspenso) estão indisponíveis, o que obriga Jayme de Almeida a confiar em um rapaz da base que não joga desde abril. "É um menino criado no Flamengo, tem esse lado de conhecer o clube, que facilita. Foi campeão da Taça São Paulo (de juniores), sempre foi muito bem conceituado. Teve poucas oportunidades, mas confio muito", garantiu o treinador.

Outra mudança será a volta de Felipe ao gol, depois de se ausentar por duas rodadas por suspensão e lesão.

O Flamengo defende contra o Internacional uma invencibilidade de quatro rodadas, período em que somou oito pontos e se desafogou ligeiramente da luta contra o rebaixamento.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoFlamengo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.