Gilvan de Souza / Flamengo
Gilvan de Souza / Flamengo

Flamengo encara líder Cruzeiro para fugir da 'zona da confusão'

Equipe rubro-negra está a cinco pontos do Coritiba, primeira equipe dentro da zona de rebaixamento; Cruzeiro quer manter folga no topo

Estadão Conteúdo

12 de outubro de 2014 | 06h25

O Flamengo conquistou uma vitória importante sobre o Figueirense na última rodada, mas não foi suficiente para deixar o time livre da "zona de confusão", como o técnico Vanderlei Luxemburgo denomina a parte de baixo da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Neste domingo, às 16 horas, pela 28.ª rodada, a equipe terá mais uma oportunidade para subir, mas para isso vai ter de superar o líder Cruzeiro, no estádio do Maracanã, no Rio. A equipe carioca inicia a rodada na 11.ª colocação, com 34 pontos. Apenas cinco a mais que o Coritiba, que encabeça a zona de rebaixamento.

O volante Cáceres e o zagueiro Wallace não participaram do último jogo, contra o Figueirense, porque ambos se recuperavam de uma contusão na coxa esquerda. No entanto, eles treinaram na última sexta-feira, foram relacionados e podem retornar ao time. "Se não houver problema com os dois, não tem porque não colocar para jogar", explicou o treinador.

Após marcar o primeiro gol da vitória sobre o Figueirense, o atacante Eduardo da Silva deve seguir na equipe titular. Contudo, Vanderlei Luxemburgo manteve suspense sobre a escalação. "Ainda não decidi o time. Assisti aos vídeos do Cruzeiro e houve uma mudança. Eram dois meias que chegavam na área e agora estão com dois de lado de campo. Muda o conceito tático e vamos analisar com calma", afirmou.

A equipe carioca deve ter o apoio massivo de sua torcida, que tem comparecido em grande número nos últimos jogos do time no Maracanã. Até a noite de sexta, mais de 20 mil ingressos já haviam sido vendidos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoFlamengoCruzeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.