Flamengo encara o Atlético-MG e faz 'acerto de contas' com Ronaldinho

RIO - Um Engenhão lotado, com mais de 34 mil pessoas, e um alvo já escolhido: Ronaldinho Gaúcho. Ele sofrerá perseguição implacável da torcida do Flamengo durante o jogo com o Atlético-MG, nesta quarta-feira, às 22h - partida adiada do primeiro turno. O craque tem se destacado no vice-líder do Brasileiro, mas deixou aberta uma cicatriz com os rubro-negros ao deixar o clube quatro meses atrás e iniciar um processo na Justiça contra o Flamengo.

O Estado de S. Paulo

26 de setembro de 2012 | 08h50

Torcedores se organizavam ontem para levar faixas, cartazes e até bonecos que representassem “Ronaldinho, o traidor”, que é como muitos flamenguistas estão tratando o jogador.

Na Gávea, entre jogadores, o clima é amistoso com Ronaldinho. Vagner Love disse que vai abraçar o amigo. Não lhe desejará, no entanto, boa sorte. “É um cara sensacional, sempre que há possibilidade estamos juntos.”

Se provocar Ronaldinho é a prioridade da torcida, os atletas rubro-negros estão mais preocupados em pontuar para que o time possa ficar mais longe da zona de rebaixamento.

O técnico Dorival Júnior promoveu algumas mudanças. Leonardo Moura volta ao meio de campo, na vaga de Ibson, contundido. Na proteção à zaga, sai o volante Luiz Antonio e entra Amaral, decisão tática. E no ataque Liedson mandou o jovem Adryan para o banco.

Após as derrapadas que o fizeram deixar a ponta da tabela, o Atlético encara o Flamengo com a expectativa de colar novamente no líder. Uma vitória hoje deixa o Galo a apenas um ponto do Fluminense.

O técnico Cuca terá dois desfalques. O meia Bernard terá de cumprir suspensão automática e será substituído por Escudero. Já o lateral Júnior César, emprestado ao Galo pelo Flamengo, não pode atuar e dará lugar a Richarlyson. Em compensação, o artilheiro Jô retorna, recuperado de lesão. Outra mudança é a entrada de Danilinho no meio no lugar de Guilherme.

ESCALAÇÕES

FLAMENGO - Felipe; Wellington Silva, Frauches, González e Ramon; Amaral, Cáceres, Leonardo Moura e Cleber Santana; Liedson e Vagner Love. Técnico: Dorival Júnior

ATLÉTICO-MG - Victor; Serginho, Leonardo Silva, Réver e Richarlyson; Pierre, Leandro Donizete, Danilinho, Escudero e Ronaldinho Gaúcho; Jô. Técnico: Cuca

Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)

Horário: 22h

Local: Engenhão, no Rio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.