Marcelo Cortes/Flamengo
Marcelo Cortes/Flamengo

Flamengo encara o Sport para reagir no Brasileirão e se aproximar dos líderes

Em caso de vitória em Volta Redonda, time de Renato Gaúcho chega aos 27 pontos, dez a menos do Atlético-MG

Ricardo Magatti, Estadão Conteúdo

15 de agosto de 2021 | 13h00

Na Libertadores, o Flamengo reagiu bem à dura e inesperada goleada que sofreu para o Internacional no fim de semana passada pelo Brasileirão e encaminhou sua vaga à semifinal. Resta saber como o time rubro-negro vai se comportar contra o Sport, neste domingo, às 16 horas, pela 16ª rodada do torneio nacional. O duelo será no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

Se está quase garantido na semifinal da Libertadores, no Brasileiro o Flamengo vinha bem, mas precisa se recuperar para não ficar distante dos líderes. Com dois jogos a menos, a equipe treinada por Renato Gaúcho, soma 24 pontos e está fora do G-4 neste momento.

Como goleou o Olímpia no Paraguai e jogará com uma larga vantagem para confirmar o seu lugar na próxima fase da Libertadores no meio de semana, a equipe carioca deve enfrentar o Sport com o melhor que tem à disposição, sem preservações por parte de Renato Gaúcho. Até porque o treinador terá desfalques importantes.

Renato não pode contar com Thiago Maia, que testou positivo para covid-19 na quinta e está em isolamento desde então. Ele seria titular na vaga de Diego, outra baixa, mas por suspensão. O artilheiro Gabriel também está suspenso e é mais uma ausência importante. Entre os reservas, o zagueiro Bruno Viana e o lateral Renê continuam em quarentena depois de contraírem o coronavírus pela segunda vez.

Sem Thiago Maia, João Gomes deve ganhar uma oportunidade no meio de campo ao lado de Willian Arão. No ataque, existe a expectativa da escalação de Pedro. Ele tratou nos últimos dias uma lesão no tornozelo e tem chance de voltar a ser titular no lugar do suspenso Gabigol.

Se tiver a escalação confirmada, Pedro será titular com Renato Gaúcho pela segunda vez. Antes, o atacante havia iniciado o duelo contra o ABC, em Natal, pelas oitavas da Copa do Brasil.

POSSÍVEL ESTREIA DE HERNANES

Com meio time no departamento médico, o técnico Umberto Louzer vai fazendo o que pode para conseguir escalar o melhor time do Sport em jogos do Campeonato Brasileiro. Contra o Flamengo, neste domingo, em Volta Redonda (RJ), a expectativa é em cima de uma possível estreia do meia Hernanes, ex-São Paulo. A tendência é que o atleta comece o jogo no banco de reservas.

A boa notícia é em cima do retorno de Sander. O lateral-esquerdo está recuperado de lesão no pé, mas pode ser que Louzer opte por segurar Chico improvisado no setor. Outra novidade é o retorno do atacante Tréllez, que cumpriu suspensão automática na última partida. Além de Hernanes, Everton Felipe está regularizado e também fica como opção.

A real dúvida do treinador está no setor ofensivo. Ele vem alternando Mikael e André. Como deve deixar os jogadores mais experientes no banco e Thiago Neves está lesionado, Louzer deve optar por André, mas não seria nenhuma surpresa se começasse com Mikael.

"Infelizmente no nosso futebol a gente é massacrado. É cultural. Infelizmente a gente é analisado em cima de resultado. (...) Muitas vezes os clubes são geridos de fora para dentro e teria que ser o contrário, de dentro para fora. Quando você vai mudar o profissional, você tem que fazer uma análise. Mas essa é a hora de levantar a cabeça e fazer um bom jogo para melhorar o Sport na tabela de classificação", falou Louzer.

O Sport vive um bom momento no Brasileirão. O time pernambucano não perde há quatro jogos e vem de um empate sem gols frente ao Red Bull Bragantino. Na tabela, tem 15 pontos, lutando contra o rebaixamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.