Matheus Andrade/Divulgação
Matheus Andrade/Divulgação

Flamengo encerra negociação por Conca e quer Jadson

Após ter proposta recusada pelo Fluminense, diretor Rodrigo Caetano descarta contratação. Meia do Corinthians é o novo alvo

RONALD LINCOLN JR., O Estado de S. Paulo

05 de janeiro de 2015 | 13h34

O Corinthians tem um adversário a menos na disputa para contratar o meia argentino Darío Conca, pelo menos no discurso. O vice-presidente de futebol do Flamengo, Alexandre Wrobel, declarou nesta segunda-feira que o clube encerrou as tratativas para levar o jogador, após receber uma resposta negativa do Fluminense. O São Paulo é outro time que monitora o meia.

Caso obtenha sucesso na contratação do argentino, a equipe do Parque São Jorge deve facilitar a liberação do meia Jadson para o Flamengo, que tem como alvo principal um jogador criativo para reforçar o meio-de-campo. "(Jadson) É um dos nomes que estamos trabalhando", contou o diretor de futebol do Flamengo, Rodrigo Caetano. "Nosso interesse é ter o elenco próximo do ideal no meio de janeiro."

Recentemente, o Flamengo entrou em contato com o Fluminense e com a Unimed Rio - cooperativa de médicos detentora de parte dos direitos econômicos de Conca. Porém, o clube das Laranjeiras afirmou que não tinha interesse em vender o jogador, que é ídolo do clube. "A partir do momento que o Fluminense se negou, encerramos a negociação", explicou Wrobel.

O elenco do Flamengo se apresentou nesta segunda-feira. Participaram de uma atividade leve o zagueiro Bressan (ex-Grêmio), o atacante Marcelo (ex-Atlético-PR) e outros reforços.

Parte dos atletas, só se apresenta na quinta-feira. Esses terão a permanência no clube analisada. Entre eles, o atacante Elton, o zagueiro Erazo, que pode ser negociado com o Grêmio, e o goleiro Felipe, que não está nos planos do Flamengo para 2015.

Ainda nesta segunda-feira, os jogadores viajam para Atibaia, cidade do interior paulista, onde será realizada a pré-temporada do Flamengo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoFluminenseConcaJadson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.