Flamengo enfrenta tabu na Vila Belmiro

Depois de duas vitórias seguidas, contra Fluminense e São Caetano, o Flamengo tenta manter a boa fase neste sábado, quando enfrenta o Santos, às 16 horas, na Vila Belmiro. O problema é que o time carioca não vence no estádio santista há 27 anos."Estamos crescendo no Brasileiro e agora vamos enfrentar um time perigoso. Temos que ficar atentos a todos os jogadores do Santos e não pensar apenas em um ou dois", disse o zagueiro Fernando, referindo-se à Diego e Robinho, as duas estrelas santistas. O jogador também frisou que o Flamengo está há duas partidas sem sofrer gols, o que demonstra, segundo ele, o bom trabalho do setor defensivo da equipe.Mas o Flamengo tem um sério problema na tentativa de vencer o Santos: a falta de criatividade do meio-de-campo. Afinal, o meia Felipe cumpre suspensão e vai desfalcar o time. Caberá, então, a Ígor e Yan armarem as jogadas.Com a entrada de Yan, o técnico Oswaldo de Oliveira acredita que o Flamengo manterá o toque de bola. Além disso, com o retorno de Fábio Baiano, recuperado de contusão, o treinador espera dar mais velocidade ao meio e, assim, surpreender a defesa santista, a segunda menos vazada do Brasileiro."Quando Felipe joga, o time se molda na maneira dele jogar. Eu vou me posicionar de forma diferente, em um dos lados, com o Fábio Baiano do outro", disse Yan. O atleta elogiou o Santos, principalmente pela rapidez com que parte para o ataque. "Teremos que prestar atenção na marcação para não sermos surpreendidos."

Agencia Estado,

22 de agosto de 2003 | 18h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.