Flamengo entra com ação para limpar ficha de Airton

Depois de cumprir cinco jogos de suspensão por um pisão em Ariel, do Coritiba, Airton será novamente julgado pelo STJD. Dessa vez, no entanto, o jogador não poderá ser punido. Julgando injusta a pena aplicada, o advogado do clube, Michel Asseff Filho, entrou com uma ação para limpar a ficha do volante.

AE, Agencia Estado

20 de julho de 2009 | 21h12

Se Asseff Filho obtiver êxito, a decisão pode beneficiar Airton em possíveis julgamentos futuros, já que a ficha disciplinar é analisada para a definir uma suspensão. A audiência será na próxima quinta-feira, a partir das 13h30.

O departamento jurídico do Flamengo tentou um efeito suspensivo para a pena de Airton, negado pelo STJD. O jogador não pôde disputar as partidas contra Internacional, Fluminense, Vitória, São Paulo e Palmeiras.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoFlamengoAirtonSTJD

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.