Flamengo entra em campo com Ney Franco ameaçado

Na lanterna do Nacional, time carioca aposta no ídolo Obina para a vaga do suspenso Souza

24 de julho de 2007 | 21h15

O técnico Ney Franco está correndo grande risco de demissão. Ele deve cair caso o Flamengo não ganhe do América-RN nesta quarta-feira, em duelo de dois dos piores times do Campeonato Brasileiro até agora. A partida, que começa às 20h30, será disputada no Estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG) - o Maracanã foi cedido para os Jogos Pan-Americanos do Rio.A crise se instalou na Gávea depois do tropeço de domingo. Na ocasião, o time carioca perdeu para o Grêmio, por 1 a 0, no Olímpico, com gol contra do zagueiro Irineu, Com isso, o time chegou à lanterna do Brasileirão, com apenas 8 pontos em 10 jogos disputados.Impaciente, a torcida protestou na última segunda na sede do clube: pediu a demissão do técnico Ney Franco e hostilizou os jogadores. As cobranças vêm de todos os lados. O presidente do clube, Márcio Braga, não mediu palavras para falar sobre o atual momento da equipe. "Está tudo muito ruim", disse o dirigente, que admite até que deve existir um problema interno no elenco, mas não sabe dizer qual. A zaga parece ser o ponto mais fraco do Flamengo. Já sofreu 19 gols na competição, depois de 10 jogos realizados, e não passa confiança. O zagueiro Irineu, por exemplo, falhou feio no jogo contra o Grêmio: fez gol contra ao tentar cortar uma bola cruzada. Além dos problemas no setor defensivo, o ataque flamenguista sofre. Suspenso por ter sido expulso na última rodada, ao agredir o meia Tcheco, o atacante Souza não joga nesta quarta-feira. A diretoria estuda até a possibilidade de rescindir o seu contrato, caso ele sofra uma dura punição da justiça desportiva - pode pegar suspensão de 120 a 540 dias .Para a vaga de Souza, Ney Franco irá optar pela entrada de Obina, voltando agora ao futebol depois de um longo tempo se recuperando de contusão.Pelo lado do América-RN, a equipe dirigida pelo treinador Marcelo Veiga quer aproveitar a crise no adversário para obter a segunda vitória consecutiva. "O Flamengo vai se expor e a gente tem de se ser esperto para aproveitar essa situação", raciocinou o treinador.FLAMENGO x AMÉRICA-RNFlamengo - Bruno; Irineu, Thiago e Ronaldo Angelim; Leonardo Moura, Jaílton, Cristian, Renato Augusto e Juan; Leonardo e Obina. Técnico: Ney Franco.América-RN - René; Edson Borges, Carlos Eduardo e Rogélio; Nei Santos, Reinaldo, Marquinhos, Souza e Marcinho; Paulo Isidoro e Arlon. Técnico: Marcelo Veiga.Árbitro - Wilson Luiz Seneme (Fifa-SP).Horário - 20h30.Local - Estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.