Flamengo esbanja confiança para duelo com Inter

Os dois times fazem nesta quarta-feira, às 21h50, no Maracanã, o jogo de ida das quartas de final

AE, Agencia Estado

13 de maio de 2009 | 08h10

O Flamengo não fez nenhum trabalho tático ou técnico específico para enfrentar o Internacional, nesta quarta-feira, a partir das 21h50, no Maracanã, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Na segunda, na hora do treino, os jogadores foram receber homenagem do governador Sérgio Cabral pela conquista do Campeonato Carioca. E nessa terça, a principal atividade do dia foi um rachão na Gávea.

Veja também:

lista Copa do Brasil - Calendário

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Isso mostra bem como o ambiente no clube é descontraído, mesmo depois da derrota para o Cruzeiro, domingo, na estreia do Brasileirão. E a confiança no Flamengo é tão grande que o assunto do dia foi a regularização do recém-contratado atacante Adriano na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) - assim, ele poderá atuar na Copa do Brasil, em caso de classificação para as semifinais.

Se a comissão técnica esbanja otimismo e espera uma grande vitória sobre o Internacional, a torcida do Flamengo está meio ressabiada. Dos 68 mil ingressos colocados à venda desde segunda-feira, apenas 18 mil tinha sido negociados até o final da tarde desta terça. Algo bem diferente do que aconteceu, por exemplo, na reta final do Campeonato Carioca, quando os bilhetes se esgotavam em no máximo dois dias.

Para o técnico Cuca, os treinos leves dos dois últimos dias estavam previstos e não vão ter nenhuma influência na atuação do time. Ele não deve alterar a escalação. Assim, a tendência é que Everton e Emerson sejam mantidos no ataque, setor do Flamengo que tem recebido mais críticas da torcida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.