Gilvan de Souza/Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo

Flamengo esquece polêmica e encara Palmeiras para manter viva esperança de título

Em caso de derrota, time carioca pode ser ultrapassado pelo Inter e terá sete rodadas para tirar sete pontos de diferença para o rival paulista

Estadão Conteúdo

27 Outubro 2018 | 05h46

O Flamengo recebe o Palmeiras neste sábado, no Maracanã, em duelo decisivo para suas pretensões neste Campeonato Brasileiro. Quando a bola rolar às 19 horas, pela 31ª rodada, o time carioca estará jogando sua chance de seguir sonhando com o título da competição.

Com 58 pontos, o Flamengo é o vice-líder do Brasileirão, quatro atrás justamente do Palmeiras. Em caso de derrota, o time carioca pode ser ultrapassado pelo Internacional e terá sete rodadas para tirar sete pontos de diferença para o rival paulista. Mas se vencer, diminuirá a distância do líder para apenas um ponto.

Por isso, no clube rubro-negro ninguém esconde a importância da partida. "É o jogo mais importante do ano, por ser contra o líder, um confronto direto. Trabalhando bem e conquistando a vitória, a gente encosta no Palmeiras. Temos que vencer a partida, que vai nos colocar mais próximo para brigar", declarou o atacante Vitinho, na véspera da partida.

O jogador, aliás, é uma das esperanças da equipe para o confronto. Depois de um péssimo início de trajetória na equipe e de chegar a perder a titularidade, Vitinho reencontrou seu melhor futebol sob o comando de Dorival Junior e foi fundamental na série de três vitórias consecutivas do Flamengo.

Nesta sequência, o time derrotou Corinthians e Fluminense por 3 a 0, além do Paraná, por 4 a 0. São dez gols marcados e nenhum sofrido em três partidas, desempenho que recolocou o Flamengo na luta pelo título.

Mas nem tudo são flores pelos lados do Ninho do Urubu. Afinal, na última semana, Dorival e a diretoria tiveram que lidar com a polêmica envolvendo o goleiro Diego Alves. Ele se recusou a ficar no banco contra o Paraná e sequer viajou com o elenco para Curitiba, o que desagradou a todos no clube.

Uma possível rescisão contratual chegou a ser considerada, mas o Flamengo decidiu manter Diego Alves no elenco. Diante de uma suposta recusa do jogador em pedir desculpas a Dorival e ao grupo, ele sequer ficará no banco contra o Palmeiras. César será novamente o titular.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.