Flamengo faz jogo decisivo no Maracanã

O Flamengo tem noção exata do grau de importância do jogo deste domingo contra o Coritiba, às 18 horas, no Maracanã, que deverá receber um bom público. Uma vitória deixará a equipe rubro-negra a um passo de se livrar da ameaça de descenso, que atormenta o clube desde o início do Campeonato Brasileiro. Em caso de derrota e empate, a pressão política e da torcida voltará redobrada contra o elenco nos dois últimos confrontos do Nacional.O técnico Andrade resumiu o pensamento do grupo. "É jogo de vida ou morte. Se o Flamengo perder, o inferno vai voltar". O time carioca tem 49 pontos e, após a vitória sobre o Palmeiras, na última rodada, teve uma semana de trabalho mais calma - livre de cobrança de torcedores e de dirigentes.Mas o treinador tem consciência que um deslize será o suficiente para resgatar o ambiente tenso na Gávea. Faltaria enfrentar o São Paulo, fora de casa, e o Cruzeiro, no Maracanã. "Vai ser um jogo difícil, chave, que pode dar uma tranqüilidade maior para o elenco. Esse jogo inspira mais cuidados do que contra o Palmeiras".O atacante Jean ainda sente dores no joelho direito e vai ser reavaliado pelos médicos do clube momentos antes de a equipe entrar em campo. Se for vetado, Dill formará dupla de ataque com Dimba, contratado por R$ 1,5 milhão e autor de apenas seis gols em 19 partidas.Durante a semana, Andrade teceu críticas ao rendimento do ataque.Disse que Dimba e Jean são titulares porque os reservas são piores. O treinador espera que os atacantes voltem a fazer as pazes com o gol. A partir de hoje, de preferência. "O desempenho não tem sido bom. Mas espero que melhore até o fim do campeonato".A fim de fazer valer o mando de campo, a diretoria rubro-negra decidiu apelar para o apoio da torcida. Anunciou promoções na compra dos ingressos. Quem pagar R$ 15 reais por uma arquibancada amarela ou verde, recebe outra. Promessa de Maracanã cheio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.