Gilvan de Souza/Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo

Flamengo faz trabalho tático e Zé Ricardo garante titulares contra o Fluminense

Treinador descarta hipótese de poupar principais atletas

O Estado de S.Paulo

03 de março de 2017 | 15h14

Após mais um dia de preparação para o jogo contra o Fluminense, domingo, no Engenhão, pela Taça Guanabara, Zé Ricardo concedeu uma entrevista coletiva nesta sexta-feira e garantiu que o foco nesse momento é apenas a decisão. Embora a equipe tenha um difícil confronto diante do San Lorenzo, quarta, pela Copa Libertadores, o treinador descartou a hipótese de poupar titulares na decisão do primeiro turno do Campeonato Carioca.

"A ideia é foco total na final da Taça Guanabara. O trabalho não tem como ser desmembrado", antecipou o treinador. "Ao final do jogo, vamos tentar mudar o canal para focar no San Lorenzo. Um complicador é que o Campeonato Argentino ainda não começou, eles só jogaram partidas amistosas com portões fechados. Mas temos que nos concentrar no Fluminense e depois irmos forte na Libertadores."

Zé Ricardo comentou ainda sobre a alegria de disputar sua primeira decisão como técnico do profissional. "É uma grande satisfação, depois de tanto tempo de clube, estar chegando à primeira final pela categoria profissional. Vamos torcer para que, nesse pouco tempo que falta para o início da final, tudo se resolva da melhor maneira possível. Que a gente possa, junto com a equipe do Fluminense, fazer um grande espetáculo."

No treino desta sexta-feira, o treinador comandou um trabalho tático e esboçou a equipe titular para enfrentar o Fluminense. Mas, novamente, a atividade foi fechada. Assim, a única confirmação é de que o Flamengo terá força máxima.

Enquanto o trabalho tático ocorria no Campo 4 do Ninho do Urubu, Ederson e Conca realizaram exercícios físicos no Campo 3 do CT. O meia argentino chegou a trabalhar com bola sob o comando do preparador físico Roberto Oliveira. O Flamengo volta a treinar neste sábado com portões fechados, na véspera do clássico com o Fluminense.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.