Youtube
Youtube

Hackeado? Youtube do Flamengo transmite vídeo com Elon Musk, mas conteúdo é retirado do ar

Fla TV conta com mais de 6,52 milhões de seguidores e chegou a sofrer com o mesmo problema há um mês

Redação, O Estado de S.Paulo

25 de julho de 2022 | 11h23

O canal do Flamengo no Youtube amanheceu nesta segunda-feira com um vídeo de um debate envolvendo o bilionário Elon Musk, dono da Tesla, sobre bitcoins. Torcedores rubro-negros criticaram nas redes sociais que o perfil teria sido novamente hackeado. A suposta live, que na verdade, se tratava de uma transmissão do ano passado e que contava com a participação de Jack Dorsey, hoje ex-CEO do Twitter, continha um título com informações falsas sobre uma suposta compra de Musk de US$ 10 bilhões em Bitcoin e Ethereum.

A Fla TV conta com mais de 6,52 milhões de seguidores e chegou a sofrer com o mesmo problema há um mês. No fim de junho, o canal transmitiu um novo vídeo sobre bitcoins, mas dessa vez envolvendo o empresário americano Michael J. Saylor. À época, alguns vídeos do canal foram apagados, mas posteriormente recuperados.

Milhares de pessoas chegaram a assistir ao vídeo, que foi retirado do ar ainda pela manhã. Até a publicação desta matéria, a Fla TV não aparecia no sistema de busca do Youtube. O canal exibe conteúdos do clube desde materiais exclusivos, entrevistas, curiosidades e bastidores dos jogos do time carioca.

Dentro de campo, os ventos mudaram para o Flamengo. A chegada do técnico Dorival Júnior alterou o cenário da equipe, que engatou uma boa sequência de bons resultados. O treinador, que substituiu o português Paulo Sousa, corrigiu problemas da equipe, realizou mudanças no modelo de jogo e melhorou a equipe, que evoluiu.

O time rubro-negro briga forte pelas primeiras posições do Campeonato Brasileiro, enfrentará o Corinthians nas quartas de final da Libertadores e terá pela frente o Athletico-PR na mesma fase, mas pela Copa do Brasil. O Flamengo vem de uma vitória por 2 a 1 sobre o Avaí, na Ressacada, com dois gols de Pedro. O elenco se reapresentará na tarde desta segunda-feira. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.