Reuters
Reuters

Flamengo frustra torcida em jogo de público recorde

Rubro-Negro perde para o Coritiba diante de 67 mil pessoas

O Estado de S.Paulo

17 de setembro de 2015 | 23h17

O Flamengo lotou o Mané Garrincha na noite desta quinta-feira, mas decepcionou sua torcida.Diante de 67 mil torcedores, recorde de público do Campeonato Brasileiro, o Rubro-Negro perdeu por 2 a 0 para o Coritba. Para piorar, o time carioca saiu do G-4 (foi ultrapassado pelo São Paulo, que empatou com a Chapecoense). Já o Coxa saiu da zona de rebaixamento e chegou aos 30 pontos, empatado com o Cruzeiro.

O Coritiba fez o placar no primeiro tempo. Aos 24 mitunos, já vencia por 2 a 0 e ainda perdeu outras chances incríveis de gol.  Kleber Gladiador, de pênalti, marcou o primeiro gol da partida e Henrique fez o segundo.

O Flamengo jogou mal os noventa minutos. O melhor momento foi um chute de Kayke, ainda no primeiro tempo. Emerson Sheik e Guerrero fizeram falta. Foi a primeira derrota do Flamengo em seis rodadas, freando uma ascenção da equipe sob o comando de Oswaldo de Oliveira.

As equipes voltam campo neste domingo para a 27.ª rodada do Brasileirão. O Flamengo enfrenta o Atlético Mineiro no estádio Independência, em Belo Horizonte, às 16 horas. O Coritiba faz o clássico estadual contra o Atlético Paranaense, no estádio Couto Pereira, em Curitiba, às 18h30.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO -  Paulo Victor; Pará, César Martins, Samir e Jorge; Márcio Araújo, Canteros (Almir) e Alan Patrick; Everton (Marcelo Cirino), Paulinho (Ederson) e Kayke

Técnico: Oswaldo de Oliveira

CORITBA - Wilson; Leandro Silva, Walisson Maia, Juninho e Carlinhos; João Paulo, Alan Santos e Lucio Flavio; Negueba (Rafhael Lucas), Kleber (Paulinho) e Henrique (Thiago Galhardo)

Técnico: Ney Franco

Gols -  Kleber, aos 8min do primeiro tempo; Henrique, aos 24min do primeiro tempo

Árbitro- Marielson Alves Silva (BA)

Cartões amarelos -  Pará e César Martins (Flamengo); Alan Santos, Leandro Silva e Kleber (Coritiba)

Público - 67.011 pagantes

Renda -  R$ 3.995.500,00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.