Marcos Arcoverde/Estadão
Marcos Arcoverde/Estadão

Flamengo ganha com dois de Marcelo Cirino e assume a vice-liderança

Rubro-negro continua invicto contra o Friburguense em sua história

SILVIO BARSETTI, O Estado de S. Paulo

07 Março 2015 | 18h21

O Flamengo voltou ao G-4 do Campeonato Carioca ao derrotar o Friburguense na tarde deste sábado, no Engenhão, por 2 a 0, com dois gols de Marcelo Cirino. O time da Gávea pulou da quinta para a segunda posição, com 17 pontos, enquanto o time da região serrana segue sob ameaça do rebaixamento. Marcelo Cirino, o melhor em campo, passou a ser o artilheiro da competição, com 6 gols.

Com um time mais leve e ofensivo, o Flamengo criou várias chances de gol na partida. A equipe chegava com facilidade à área do Friburguense. O ataque, com Marcelo Cirino, Gabriel e Eduardo da Silva, atuava com rapidez e deslocamentos que abriam espaços e confundiam a zaga do adversário.

Mas o Friburguense também queria atacar e isso tornou o jogo aberto. Caíque quase abriu o placar com um chute na trave logo no início da partida. O Flamengo reagiu em seguida e, após ótimo cruzamento de Pará, Marcelo Cirino emendou de primeira e fez 1 a 0 logo no início do confronto.

O atacante marcou o segundo gol no lance mais bem trabalhado do jogo. Ele finalizou sem deixar a bola cair no chão, após Gabriel ajeitá-la com um toque sutil. Marcelo Cirino quase fez o terceiro no segundo tempo, num chute com estilo, mas a bola bateu na trave. Depois, ele reclamou de dores musculares e pediu para sair. Foi muito aplaudido.

Foi o 30º jogo entre Flamengo e Friburguense, que jamais venceu o time da Gávea. Ao todo, foram 27 vitórias do Flamengo e três empates.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 2 X 0 FRIBURGUENSE

FLAMENGO - Paulo Victor; Pará, Bressan, Wallace e Anderson Pico; Marcio Araújo, Canteros e Lucas Mugni (Jonas); Gabriel (Luiz Antonio), Eduardo da Silva e Marcelo Cirino (Alecsandro). Técnico - Vanderlei Luxemburgo.

FRIBURGUENSE - Marcos; Sérgio Gomes (Léo), Cadão, Bidu e Felipe; Pierre, João Victor (Tufy), Zé Victor e Jorge Luiz; Ziquinha e Caíque (Thalles). Técnico - Gerson Andreotti.

GOLS - Marcelo Cirino, aos 6 e 32 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Carlos Eduardo Nunes Braga.

CARTÃO AMARELO - Pierre e Zé Victor.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Engenhão, no Rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.